Geral | Economia

Crédito mantém negócios e fomenta oportunidades durante a pandemia

Linhas de crédito FNE Emergencial e Pronampe, do Banco do Nordeste, foram fundamental na recuperação e preservação de segmentos econômicos afetados pelo novo coronavírus
Ribamar Cunha/ Editor de Economia 30/12/2020

SÃO LUÍS - A pandemia do novo coronavírus preocupa do ponto de vista sanitário, mas também traz outro agravante: afeta a economia. Essa é uma realidade que se viu por todas as regiões do Brasil, especialmente no primeiro semestre, pico da doença no país, quando houve rígida quarentena e suspensão das atividades econômicas. Nesse período, segundo dados da Junta Comercial do Maranhão (Juema), mais de cinco mil empresas fecharam as portas no estado, a maioria, influenciada pela pandemia.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte