Cidades | Conscientização

Militares realizam ação em alusão ao Dia do Laço Branco na Litorânea

Equipe da Patrulha Maria da Penha realizou panfletagem e pediu mobilização de homens no engajamento pelo fim da violência contra a mulher
07/12/2020
Militares realizam ação em alusão ao Dia do Laço Branco na LitorâneaMilitar entrega material durante campanha (Divulgação)

Militares da Patrulha Maria da Penha realizaram neste domingo, 6, uma blitz educativa, na Avenida Litorânea, em alusão ao Dia do Laço Branco. A campanha foi lançada de forma oficial no país em 2001, com o objetivo de mobilizar os homens no engajamento pelo fim da violência contra a mulher.

O ponto base do evento foi o parquinho da Avenida Litorânea. Os militares abordaram transeuntes e veículos para pedir pelo fim da violência contra a mulher. A comandante de Segurança Comunitária, coronel Augusta de Andrade, declarou que objetivo é orientar, sensibilizar e mobilizar os homens. Na ação, foi feita panfletagem.

A coronel esclareceu que a Campanha Laço Branco surgiu a partir de um triste episódio, ocorrido no dia 6 de dezembro de 1989. O jovem Marc Lepine, de 25 anos, invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica de Montreal, no Canadá, e assassinou 14 mulheres a tiros e, em seguida, cometeu suicídio.

Marc Lepine havia ordenado que os homens saíssem da sala de aula e gritou “Vocês são todas feministas!”. Na época, ele deixou uma carta afirmando que fez aquilo por não suportar a ideia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente dirigido ao público masculino.

O fato mobilizou a opinião pública do país. Um grupo, composto por homens, no Canadá, repudiou o ato criminoso, elegeu o laço branco como símbolo da luta contra violência contra a mulher, e adotou como tema “Jamais cometer um ato violento contra as mulheres e não fechar os olhos frente a essa violência”.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte