Cidades | Ações

PRF ajusta atividades para manter ações contra o câncer infantil

Seguindo todos os protocolos de segurança, os policiais realizarão uma visita institucional ao Hospital do câncer Aldenora Bello no dia 27 de novembro, às 9h
21/11/2020 às 18h30
PRF ajusta atividades para manter ações contra o câncer infantilDivulgação

São Luís - As atividades realizadas anualmente por policiais rodoviários federais contra o câncer infantil no Maranhão serão ajustadas aos protocolos sanitários do Ministério da Saúde, às normas internas da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e às orientações do Hospital do câncer Aldenora Bello.

Anualmente os policiais realizam visitas às crianças com câncer, raspam a cabeça em solidariedade a pessoas com a doença, realizam passeios de viatura com os menores, arrecadam brinquedos e fazem a entrega dos mesmos, dentre outras atividades.

Em 2020 a ajuda sofrerá alterações alterações, uma vez que todas as atividades recreativas que possam colocar as crianças em risco de infecção foram suspensas.

A Comissão Regional de Direitos Humanos da PRF, em comum acordo com o hospital, resolveu suspender algumas ações costumeiramente realizadas no Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil -DNCCI, realizado no dia 23 de novembro, visto que as crianças envolvidas fazem parte de grupos de risco e a exposição das mesmas deve ser evitada.

A data, no entanto, não passará em branco, vez que, seguindo todos os protocolos de segurança, os policiais realizarão uma visita institucional para o dia 27 de novembro de 2020, às 9h. As equipes realizarão ainda a entrega de cestas básicas e oferecerão um lanche para as crianças.

A Comissão regional abrirá espaço para recebimento das doações. Os PRFs e demais interessados em ajudar no projeto podem deixar a doação de cestas ou brinquedos na Portaria da sede da PRF, que funciona de segunda a sexta-feira, no km 1,8 da BR-135, Vila Itamar.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte