DOM | Quarentena

Pesquisa aponta mudanças de hábitos alimentares entre adolescentes

Estudo revela o aumento do consumo de frutas e hortaliças durante o distanciamento social, como também observou maior ingestão de doces e frituras entre os jovens
21/11/2020

Estudo publicado no periódico científico Nutrients mostrou que os adolescentes de cinco países, incluindo o Brasil, tiveram consumo modificado de alimentos fritos, alimentos doces, legumes, vegetais e frutas durante o confinamento indicado para redução da transmissão da Covid-19. A pesquisa, que revela o aumento do consumo de frutas e hortaliças durante o distanciamento social, também observou maior ingestão de doces e frituras entre os jovens. O estudo teve participação da pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) Letícia Cardoso, da professora da UFRJ, Patricia Padilha, e fornece a primeira descrição de como a pandemia de covid-19 alterou as tendências na alimentação de adolescentes da Espanha, Itália, Brasil, Colômbia e Chile. A iniciativa teve a liderança do Dr Alberto Davalos, do Instituto Madrilenho de Estudos Avançados em Alimentação.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte