Política | Eleições 2020

Alexandre Kalil se reelege na capital Belo Horizonte

Candidato do PSD teve 63% dos votos na capital mineira, superando Bruno Engler, João Vitor Xavier e Áurea Carolina
16/11/2020 às 01h21
Alexandre Kalil se reelege na capital Belo Horizonte Alexandre Kalil vai comandar Belo Horizonte por mais quatro anos (Agência Brasil)

BELO HORIZONTE - O atual prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, do PSD, foi reeleito neste domingo (15) para os próximos quatro anos. Com 99,76% das urnas apuradas, Kalil teve 63,36% dos votos. Foram 782.423 votos no total.

Bruno Engler (PRTB) ficou em segundo lugar com 9,95% (122.913 votos). João Vitor Xavier (Cidadania) ficou em terceiro, com 9,22% (113.857). E Áurea Carolina ficou em quarto, com 8,33% (102.833).

A eleição em Belo Horizonte teve 28,34% de abstenção, 4,25% votos brancos e 6,87% votos nulos. Em 2016, de acordo com o TSE, a abstenção na capital mineira foi de 21,66%. Alexandre Kalil tem 61 anos, é casado, empresário e tem ensino superior incompleto. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 3.689.634,19 e já foi presidente do Atlético-MG. O vice da chapa é Fuad Noman, do PSD, de 73 anos.

Reeleição em Curitiba

O atual prefeito da capital do Paraná Rafael Greca (DEM) venceu a disputa pela prefeitura de Curitiba com 59,77% dos votos válidos. Goura (PDT) ficou em segundo lugar, com 13,26% dos votos válidos.
O candidato da coligação Curitiba Inteligente e Vibrante é engenheiro, tem 64 anos e ensino superior completo. Ele declarou R$ 864,72 mil em bens.

Gean se mantém

O atual prefeito da capital de Santa Catarina Gean (DEM) venceu a disputa pela prefeitura de Florianópolis com 53,46% dos votos válidos. Professor Elson (Psol) ficou em segundo lugar, com 16,13% dos votos.

Foram apurados 100% das urnas.

O candidato da coligação Viva Floripa (DEM/PodeE/PSD/Republicanos/PSC) ocupa atualmente a cadeira de prefeito e busca um novo mandato. Ele tem 48 anos e ensino superior completo. Ele declarou R$ 4,8 milhões em bens.

Empate em Porto Alegre

Sebastião Melo, do MDB, e Manuela D'Ávila, do PC do B, vão decidir em 2º turno, no próximo dia 29, quem será o próximo prefeito de Porto Alegre.
Com 100% segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Melo teve 200.280 votos (31,01% dos votos), ante 187.262 de Manuela, – o que representa 29% dos votos

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte