Política | Eleições 2020

A Ilha volta a ser rebelde: Braide e Duarte Jr. na disputa do 2º turno

Resultado das urnas tirou o PDT da disputa de São Luís após 3 décadas a frente do comando da capital; Braide teve 37,81% dos votos e Duarte Jr., 22,15%
Gilberto Léda/Da Editoria de Política16/11/2020 às 02h12
A Ilha volta a ser rebelde: Braide e Duarte Jr. na disputa do 2º turnoEduardo Braide disputa pela segunda vez a Prefeitura de São Luís e Duarte Júnior é estreiante na disputa e conseguiu chegar ao 2º turno (Reprodução)

São Luís - Após uma semana de pesados ataques proferidos pela campanha do candidato Neto Evangelista (DEM), o candidato do Republicanos, deputado estadual Duarte Júnior, conseguiu resistir e garantiu vaga no 2º turno da eleição em São Luís.
Com 100% das urnas apuradas na capital, ele obteve 22,15% e manteve o segundo lugar, que chegou a estar ameaçado pelo democrata - segundo pesquisas eleitorais realizadas na semana do pleito eleitoral -, mas que acabou ficando mesmo na terceira colocação, com 16,24%.
A primeira colocação seguiu mesmo com o candidato do Podemos, deputado federal Eduardo Braide. Ele terminou a primeira rodada de votação com 37,81%, mais de 80 mil votos à frente do seu adversário direto, e até destacou isso em discurso direcionado a sua militância após a confirmação do resultado.
A chegada de Braide e Duarte ao 2º turno ocorre após uma semana em que a campanha do DEM atuou para desidratar o republicano.

Ataques
Após atacar fortemente uma proposta do candidato a respeito da criação de uma espécie de auxílio emergencial municipal – nos moldes do pago pelo governo federa, mas com valor menor -, a coligação democrata questionou a possibilidade de Duarte ter feito pelo menos uma semana de campanha já sabendo que havia contraído Covid-19.
Para isso, lançou mão de um laudo médico apontando que o republicano teria feito um teste para o novo coronavírus no dia 5 de novembro, tendo recebido resultado positivo no dia 6. Ele negou veementemente a acusação, e sempre tratou o documento que circulou nas redes como uma criação falsa.

Pesquisas
Pesquisas eleitorais realizadas na reta final do 1º turno apontavam para uma queda do candidato após a série de críticas e davam a impressão de que, infectado, fora da campanha de rua e ainda sob forte pressão, ele não resistiria às investidas, o que acabou não ocorrendo.
Já Eduardo Braide sofreu ataques principalmente por parte da campanha do PCdoB, que tinha Rubens Júnior como candidato.
Os comunistas questionavam, sobretudo, a existência de uma suposta investigação no Ministério Público Federal (MPF) contra o candidato do Podemos. Ele sempre negou.
Além dos dois candidatos que passaram ao 2º turno e de Neto Evangelista, a apuração em São Luís apontou Rubens Júnior em quarto lugar, com 10,58%; Bira do Pindaré (PSB) com 4,30%; Silvio Antônio (PRTB) com 3,14%; Jeisael Marx (Rede) com 2,76%; Yglésio Moyses com 1,92%; Franklin Douglas (PSOL) com 0,68%; e Hertz Dias (PSTU) com 0,42%.

MAIS

Votação
Eduardo Braide 37,81%
Duarte Júnior 22,15%
Neto Evangelista 16,26%
Rubens Júnior 10,58%
Bira do Pindaré 4,3%
Jeisael Marx 2,76%
Yglésio Moyses 1,92%
Franklin Douglas 0,68%
Hertz Dias 0,42%

Candidatos mostram confiança na vitória após divulgação de resultado

Os dois candidatos que passaram para o 2º turno da eleição em São Luís manifestaram-se após a confirmação do resultado.
Em discurso para a militância no seu comitê central, Eduardo Braide ressaltou a vitória no que chamou de "primeira batalha” e destacou o fato de haver passado com ampla vantagem sobre o seu adversário.
"Ganhamos com uma diferença grande em relação aos adversários. Aquilo que juntos conseguimos construir nessa primeira batalha, nós vamos fazer redobrado para vencer juntos a segunda”, disse.
Segundo Braide, após a confirmação de que havia passado para o 2º turno na liderança, ele recebeu várias ligações de lideranças que desejam lhe apoiar.
“[Recebi] Várias ligações de apoio que vão fazer nosso time aumentar. Pessoas que querem reforçar o nosso time já a partir desta semana declarou.
Já Duarte, que chega ao 2º turno após uma série de embates com membros do seu próprio grupo, tenta juntar os cacos para reunir forçar.
“Quero falar que é muito importante haver uma união, haver uma unidade, unir todos aqueles que querem uma São Luís ainda melhor. Dar continuidade àquilo que a atual gestão fez e faz de bom e mudar, rapidamente, aquilo que precisa ser modificado destacou.
Nas redes, logo após a confirmação de 2º turno, o governador Flávio Dino (PCdoB) foi ao Twitter para declarar seu apoio ao candidato republicano.
“Com convicção votarei nele”, disse o chefe do Executivo estadual, lembrando que seu aliado elegeu-se deputado pelo PCdoB em 2028 e foi seu auxiliar no governo.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte