Geral | Reforço

Exército atua no Maranhão para garantir votação e apuração seguras

Operação Eleições 2020 começou no último dia 12, atendendo a uma solicitação da Justiça Eleitorais às Forças Armadas e com base em decreto presidencial
Daniel Matos14/11/2020 às 14h54
Exército atua no Maranhão para garantir votação e apuração segurasTropas do Exército preparadas para atuar no 1º turno da eleição no Maranhão (Divulgação)

São Luís – O Comando Conjunto Norte (CMN), por intermédio da 22ª Brigada de Infantaria de Selva (22ª Bda Inf Sl), “Brigada Foz do Amazonas”, está atuando nos estados do Amapá, Pará e Maranhão no contexto da “Operação Eleições 2020”, a fim de contribuir para a garantia do primeiro turno do pleito eleitoral do corrente ano. Essa operação está amparada no Decreto Presidencial nº 10.522, de 19 de outubro de 2020, que autorizou o emprego das Forças Armadas, e atende a solicitação da Justiça Eleitoral.

As ações tiveram início no dia 12 de novembro, com o deslocamento de tropas para 118 municípios que contarão com a presença do Exército Brasileiro na realização de apoio logístico e na garantia da votação e apuração.

Participam das ações 1.678 militares e 140 viaturas do Comando da 22ª Brigada de Infantaria de Selva, Comando de Fronteira Amapá e 34º Batalhão de Infantaria de Selva (CFAP / 34º BIS), 2º Batalhão de Infantaria de Selva, 24° Batalhão de Infantaria de Selva e 1º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva

As tropas contribuirão para garantir que a liberdade de escolha dos cidadãos brasileiros e a democracia do país sejam preservadas com segurança, respeito e imparcialidade.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte