Cidades | Reação

Delegada externa revolta com o "estupro culposo"

Coordenadora das Delegacias da Mulher no Maranhão, Kazumi Tanaka, reprovou a maneira como o julgamento do caso foi conduzido e afirmou que a vítima foi humilhada na audiência
Ismael Araújo06/11/2020

SÃO LUÍS- A absolvição do empresário André de Camargo Aranha da acusação de ter estuprado a influencer Mariana Ferrer, de 23 anos, e a condução do julgamento feita pelo juiz Rudson Marcos, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, ainda ontem repercutia no meio jurídico, entre profissionais da segurança e nas redes sociais. O crime ocorreu em dezembro de 2018 em uma boate, em Florianópolis (SC), e foi julgado no dia 9 do mês passado. Dados do 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública revelam que no primeiro semestre do ano passado 7.455 mulheres foram violentadas sexualmente em todo o país. No Maranhão, houve 4.180 casos, enquanto, no mesmo período do ano passado, foram 570 ocorrências.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte