Geral | Competição

Maranhão se destaca em competição de educação profissional

A medalha de bronze do WorldSkills Competition 2021, na modalidade Marcenaria de Estruturas, foi para Eduardo da Silva Alves
Evandro Júnior/Da Equipe de O Estado02/11/2020
 Maranhão se destaca em competição de educação profissionalEduardo da Silva Alves, representante do MA, recebeu medalha de bronze na competição (Divulgação)

São Luís - Eduardo da Silva Alves, de 26 anos e natural de Imperatriz (MA), foi premiado com a medalha de bronze na modalidade Marcenaria de Estruturas. Durante quatro dias, o competidor do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Maranhão (SENAI-MA), entidade do Sistema Fiema, cumpriu uma série de provas no Senai Imperatriz, concorrendo com outros três jovens à vaga para representar o Brasil na maior competição de educação profissional da América Latina: a WorldSkills Competition 2021, prevista WorldSkills Competition 2021 para acontecer em setembro de 2021, na China.

“Essa é a primeira vez que eu participo e essa medalha é uma grande conquista para o nosso estado. Foram quatro dias de muito esforço e competindo com estados de alto nível. Sinto-me muito orgulhoso e feliz com o resultado alcançado”, ressalta o competidor maranhense.

Promovida a cada dois anos, a competição reúne alunos de cursos técnicos e de formação profissional. O representante de Minas Gerais, Bruno Ferreira, levou o ouro. De São Paulo, Hugo Luiz Lombardi conquistou a medalha de prata. Também competiu o representante do estado do Paraná, Matheus Prestes. As competições, de caráter teórico e prático, proporcionam troca de experiências entre jovens que estão em etapa de formação profissional, além de prepará-los para outras disputas de âmbito nacional e internacional.

Bruno Ferreira, campeão da prova, falou emocionado sobre a conquista da medalha de ouro. “É uma honra muito grande representar o meu estado e levar esse título para a minha cidade. Eu treinei bastante, mantive o foco, a dedicação, buscava não pensar no adversário e me concentrei muito para realizar uma boa prova”.

Técnica, concentração e habilidade marcaram os quatro dias da Olimpíada do Conhecimento. Os alunos receberam um projeto para ser interpretado, planejado para que executassem tarefas que seriam avaliadas de acordo com os conhecimentos técnicos. Os competidores tiveram o prazo de 20 horas para entregar o produto final do projeto e realizaram provas simultaneamente sob a avaliação de técnicos que analisaram critérios como acabamento das peças, encaixe, desenhos, dentre outros.

O avaliador líder, Bruno de Assis, resumiu os dias de competição e parabenizou os competidores. “Foram dias cansativos, mas recompensadores. Parabenizamos a todos os competidores que deram o seu melhor e representaram com muita garra os seus estados”.

Competição

A WorldSkills é a maior competição de educação profissional do mundo, que se realiza em um país diferente a cada dois anos. Organizada pela WorldSkills International – entidade que trabalha, desde 1950, para o desenvolvimento e a excelência das ocupações técnicas, o torneio reúne competidores de países e regiões das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul. Para conquistar a vaga no torneio, os alunos participam de seletivas em seus países e, se alcançarem os índices técnicos, garantem o lugar. Cada modalidade tem a participação de apenas um representante de cada país, seja uma pessoa ou uma equipe.

Na última fase mundial da competição (WorldSkills), em Kazan, na Rússia, o Brasil ficou em 3º lugar no ranking total de pontos. Foram duas medalhas de ouro (nas ocupações Desenho Mecânico em CAD e Manutenção de Veículos Pesados), cinco de prata e seis de bronze.

“Nos sentimos lisonjeados por sediarmos essa competição, que enaltece a indústria do nosso estado. Pela segunda vez, Imperatriz é palco de uma etapa dessa Olimpíada, que reconhece os talentos da indústria brasileira”, finaliza o conselheiro do SENAI e diretor da FIEMA, Luís Lima, que, na oportunidade, esteve representando o 1º vice-presidente da Federação, Francisco de Sales Alencar.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte