Esporte | Campeonato Brasileiro 2020

Derrota: Filipe Luís admite que Flamengo ''tem muito a melhorar''

Apesar da derrota por 4 a 1 para o São Paulo em pleno Maracanã, na tarde deste domingo, 1, o lateral Filipe Luís admitiu que a equipe tem muito a corrigir na temporada, mas recordou que o Flamengo conseguiu se levantar de derrotas mais doloridas
01/11/2020 às 20h38
Derrota: Filipe Luís admite que Flamengo ''tem muito a melhorar''São Paulo derrotou Flamengo por 4x1 pelo Campeonato Brasileiro (Divulgação)

Rio de Janeiro - Apesar da derrota por 4 a 1 para o São Paulo em pleno Maracanã, na tarde deste domingo, 1, o lateral Filipe Luís admitiu que a equipe tem muito a corrigir na temporada, mas recordou que o Flamengo conseguiu se levantar de derrotas mais doloridas, a exemplo do ano passado, quando foi eliminado da Copa do Brasil frente ao Athletico Paranaense, mas depois engrenou e conquistou o Brasileiro e a Copa Libertadores.

"Resultado contundente. Tivemos a oportunidade de passar na frente, mas a sensação é que não estávamos conseguindo encaixar. Faltaram muitas variantes para entrar na defesa do São Paulo. Eles dominaram o meio e colocaram nosso time para trás", disse Filipe Luis, ao fazer uma breve análise do jogo.

Ele ainda destacou os pontos positivos do time. "Não podemos ficar só com as coisas ruins. Criamos situações, conseguimos dois pênaltis. Mas, não fizemos. Saímos de outras derrotas e este time já mostrou que consegue levantar. Temos muito a corrigir", completou.

A derrota fez cair uma invencibilidade de 12 jogos do Flamengo na temporada. Curiosamente, o último revés da equipe foi uma goleada. Na Libertadores, quando perdeu por 5 a 0 do Independiente del Valle.

O destaque da partida deste domingo foi o goleiro Tiago Volpi, que defendeu duas cobranças de pênaltis, de Bruno Henrique e Pedro. O arqueiro ainda contribuiu com uma assistência. No entanto, o Flamengo segue na vice-liderança, com 35 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Atlético Mineiro ao final da rodada.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte