Cidades | Violência

Casos de ameaça à mulher e pedidos de medidas protetivas aumentam

Um total de 11.156 medidas de urgência foram solicitadas no ano passado no Maranhão e 17.179 mulheres foram ameaçadas; em 2018 números foram menores
Ismael Araújo / O Estado29/10/2020

São Luís - Uma mulher, de 42 anos, esteve ontem na Casa da Mulher Brasileira, no Jacarati, para solicitar uma medida protetiva de urgência. Ela disse que o seu ex-marido, Antônio, pelo fato de não aceitar o término do relacionamento, vive fazendo ameaças, inclusive de morte. Os dados do 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostram que, no ano passado, foram solicitadas ao Poder Judiciário 11.156 medidas protetivas de urgências, em todo o Maranhão, enquanto, em 2018, foram 9.529, um aumento de 16,4%.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte