Polícia | Incursão

Faccionado morto durante cerco policial em Bacabeira

A polícia ainda conseguiu prender duas mulheres e apreenderam maconha, arma de fogo, munições e dinheiro
08/10/2020

Bacabeira - Um cerco policial realizado ontem na cidade de Bacabeira resultou na morte do faccionado Paulo dos Santos de Jesus, LP do Trem, de 18 anos, e na prisão de Joana Batista Serra Costa e Nayara Regina Azevedo Pinheiro. Ainda foram apreendidos maconha, crack, cocaína, armas de fogo, munições, balança de precisão e dinheiro.

O delegado Edinaldo Santos, titular da delegacia de Bacabeira, declarou que militares receberam a informação que havia um trio criminoso, residente na Vila Samara, que estava na zona rural de Bacabeira com o objetivo de roubar e assassinar um faccionado rival.

Os policiais se deslocaram até Periz de Baixo e foram recebidos a tiros. Houve confronto e uma das balas atingiu Paulo dos Santos, que veio a falecer a caminho do hospital da cidade. Os militares ainda fizeram uma busca na residência de Joana Serra onde encontraram maconha, crack, cocaína, um revólver calibre 38, munições e R$ 49. Ela foi presa e conduzida para a delegacia.

Na residência da outra detida, os militares encontraram entorpecente, balança precisão, munições e um revólver calibre 32 com numeração raspada. As duas detidas foram ouvidas na delegacia e, logo após, encaminhada para o presídio.

Mais ocorrências

No bairro do Bom Jesus, a polícia prendeu um homem em cumprimento de ordem judicial acusado de latrocínio (roubo seguido de morte), ocorrido no ano de 2001. O capitão Bezerra, do 6º Batalhão da Polícia Militar, informou que durante a noite de terça-feira (7) foi preso um homem, nome não revelado, no São Cristóvão. Em poder dele, os militares apreenderam um veículo, que estava sendo usado em assaltos na Ilha, como ainda arma de fogo e produtos provenientes de roubo. Também nesse dia, os militares apreenderam um outro veículo e uma arma de fogo, no Residencial Nova Jerusalém e apresentado no Plantão de Polícia Civil da Cidade Operária.

A polícia prendeu ontem duas lideranças de facção criminosa, em Timon. Segundo a polícia, eles são suspeitos de torturar e assassinar Alex Lima, de 30 anos. O crime ocorreu nessa cidade, no dia 3 de maio deste ano.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte