Polícia | Golpe

Casal que praticava estelionato é retirado de circulação em Imperatriz

Os criminosos abriram um falso correspondente bancário na área central dessa cidade e, segundo a polícia, chegaram a adquirir de forma ilegal em três dias R$ 70 mil
03/10/2020

SÃO LUÍS - Os acusados de estelionato e associação criminosa, Deivid Rodrigues Pereira, de 29 anos, e Mileny Inácia da Silva, de 25 anos, foram encaminhados pela polícia na sexta-feira,2, para a Unidade Prisional de Imperatriz. De acordo com a polícia, eles foram presos em flagrante na quinta-feira,1º, em Imperatriz, e estariam se passando por funcionários de correspondentes bancários. Em apenas três dias chegaram a adquirir de forma ilegal cerca de R$ 70 mil.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte