Política | Eleições 2020

Republicanos confirma candidatura de Duarte Júnior à Prefeitura de SL

Compondo a chama majoritária, foi oficializada a advogada Fabiana Vilar; evento teve ainda a participação do presidente nacional da legenda, Marcos Pereira
13/09/2020 às 17h24
Republicanos confirma candidatura de Duarte Júnior à Prefeitura de SLDuarte Júnior teve nome oficializado para disputar as eleições municipais em convenção ocorrida no sábado, 12 (Divulgação)

São Luís - O Republicanos oficializou no início da noite do sábado, 12, no Parque Folclórico da Vila Palmeira, a tão aguardada candidatura de Duarte à Prefeitura de São Luís. O evento teve início com exibição em telão de vários vídeos narrando atuações de Duarte - à frente do PROCON e VIVA e como deputado - até momentos antes da primeira manifestação no palco. Entre os vídeos, depoimentos de pessoas beneficiadas por iniciativas de Duarte, como a destinação de emendas parlamentares que tiraram da fila de espera várias crianças que necessitavam de cirurgia.

Entre as autoridades, um dos primeiros da noite a reiterar apoio a Duarte, o presidente estadual do Partido Liberal, o deputado federal Josimar Maranhãozinho, mostrou otimismo sobre as eleições municipais serem decididas já no dia 15 de novembro. “Tenho certeza, Duarte, como tantas surpresas que acontecem em nossa Ilha de São Luís, você será a surpresa dessas eleições. Um homem que não é de berço de ouro e sim do suor do seu rosto. Acreditamos, sim, que você ganhará no primeiro turno”, disse Josimar.

Incentivador da trajetória de Duarte na política, o vice-governador Carlos Brandão relembrou o período que ele teve conhecimento de Duarte, por meio do governador Flávio Dino. “O governador Flávio Dino tinha um grande problema, que era encontrar quem resolvesse o problema do VIVA e do PROCON. E o Flávio me dizia: ‘Brandão, eu já pensei em vários nomes, mas não encontro ninguém’. Um tempo depois ele me disse: ‘Acho que encontrei. Eu tive um aluno chamado Duarte Jr, eu via nele uma disposição muito grande pra trabalhar, um brilho intenso, mas é muito novo’. E eu disse: Flávio, todo mundo merece uma oportunidade. E isso foi o suficiente pra Duarte mostrar que ele sabe resolver. Ele teve a coragem não só de aumentar de cinco para 50 unidades, expandir serviços e melhorar a qualidade, mas também combateu o cartel, foi, inclusive, ameaçado de morte, e tornou a gasolina de São Luís a mais barata do Brasil”, contou o vice-governador.

A única convenção que o presidente nacional do Republicanos e vice-presidente da Câmara dos deputados, Marcos Pereira, participou foi em São Luís. O parlamentar fez questão de vir à capital demonstrar pessoalmente a confiança em Duarte. "Nossos adversários que querem se perpetuar no poder vão inventar muitas mentiras ao seu respeito. Mas pra cada uma mentira que eles falarem de você, nós falaremos duas verdades, porque nós conhecemos a história de Duarte, sabemos o que ele já fez por São Luís e o que ele ainda fará", disse.

Vice

Também foi confirmada para concorrer a vice-prefeita a presidente municipal do PL, Fabiana Vilar, que se apresentou comentando sobre o trabalho reconhecido pelo governador Flávio Dino, referindo-se aos 15 meses à frente da Sagrima, além de se colocar à disposição para ser uma vice atuante, com funções definidas. “Fabiana é uma pessoa que é do povo assim como vocês. Assim como o Duarte, não nasci em berço de ouro. E estamos aqui hoje dispostos pra mudar a realidade de São Luís. É por vocês que eu estou aqui. Vou defender vocês dia e noite. Vou lutar por uma maternidade, por uma unidade mista de qualidade, acordando cedo, dormindo tarde pra mudarmos a realidade dessa cidade”, garante Fabiana Vilar.

No encerramento da convenção, o agora candidato à Prefeitura de São Luís Duarte fortaleceu o discurso que tem incomodado opositores: a sua origem simples, sem parentesco na política, com resultados expressivos. Falou da inspiração que encontra na família, dos princípios aprendidos com ela e do senso de justiça que o conduz para melhorar a vida das pessoas, mas acirrou o tom ao se referir ao pré-candidato Eduardo Braide (Podemos).

“Eu faço aqui uma reflexão clara. Aqueles que são privilegiados não têm a sensibilidade de fazer aquilo que é necessário pra ser feito. Tem outro pré-candidato que se intitula como se estivesse pronto. Mas quando o pai, enquanto deputado estadual, deu a ele a oportunidade de presidir a Caema, não fez aquilo que precisava ser feito. Se hoje 39% das escolas públicas municipais, de acordo com dados do Inep, não têm saneamento básico; se hoje 24% das escolas públicas municipais de São Luís não têm sequer água encanada, parte disso é culpa dele”, refletiu.

Também participaram da convenção, além da comunidade em geral, os então pré-candidatos a vereadores da base aliada (Republicanos, Partido Liberal - PL, Patriota, Avante e o Partido Trabalhista Cristão - PTC) e autoridades como o vice-presidente nacional do Patriota, Junior Marreca; as deputadas estaduais Detinha e Daniella Tema; o presidente estadual do Republicanos, o deputado federal Cleber Verde, e os vereadores Aldir Jr, Beto Castro, Genival Alves e Antônio Garcez.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte