Política | Eleições 2020

Em São Luís, quatro futuros candidatos a prefeito terão maior tempo de TV e rádio

Neto Evangelista, Rubens Júnior, Eduardo Braide e Duarte Júnior conseguiram alianças e ficarão com 80% do tempo total de propaganda eleitoral gratuita
Carla Lima/Editora de Política12/09/2020


São Luís - As alianças para a disputa eleitoral em São Luís estão em fase final de serem consolidadas. As costuras feitas estão sendo formalizadas nas convenções. E são destas alianças que sairão o tempo eleitoral de cada futuro candidato a prefeito da capital. Pela divisão de tempo de televisão e rádio feita por partido, já é possível se ter a noção de quanto postulante à Prefeitura terá no programa eleitoral gratuito. Com cinco partidos em sua coligação, o pré-candidato Neto Evangelista (DEM) terá mais de 2 minutos e 66 segundos.
A divisão correta do tempo eleitoral será feita pelo juiz nas 2ª Zona Eleitoral de São Luís. Nela, serão levados em consideração os 10 minutos por programa para programas eleitorais para prefeito e mais 70 minutos por dia de inserções para candidatos a vereador e a prefeito.
Pela divisão, 90% dos 10 minutos serão feitos conforme a representatividade na Câmara dos Deputados. Serão 9 minutos divididos pelos partidos que têm deputado federal eleito. Os outros 10% do tempo destinado a candidatos a prefeito serão divididos de forma igual. Em média, serão pouco menos de 6 segundos que cada candidato deverá ter nas sobras.
Com isto, entre os futuros candidatos a prefeito de São Luís, quem mais terá tempo de propaganda eleitoral será o democrata Neto Evangelista que conseguiu reunir outros quatro partidos (MDB, PTB, PDT e PSL) que lhe garantiram mais de 2 minutos e 66 segundos. Com o tempo de sobra, Evangelista aumentará ainda mais seu tempo de televisão.
O segundo candidato com maior tempo de propaganda eleitoral é Rubens Júnior (PCdoB). A aliança com PT, PP e PTC garantirão ao comunista quase 2 minutos por programa para propaganda eleitoral. Assim como Neto Evangelista, o tempo de Rubens Júnior subirá mais alguns segundos.
O terceiro maior tempo pela divisão da representatividade na Câmara dos Deputados é de Eduardo Braide (Podemos). Ele terá quase um minuto e meio de propaganda em rádio e televisão por ter conseguido o apoio do PSD, PSDB, PMN e PSC.
O pré-candidato do Republicanos, Duarte Júnior, que até duas semanas teria somente 31 segundos no tempo da propaganda eleitoral, deverá iniciar a campanha no rádio e televisão com mais de um minuto e 30 segundos.
Isto foi possível pela desistência da deputada estadual Detinha (PL) de disputar a Prefeitura de São Luís. Ao abrir mão da candidatura e apoiar Duarte Júnio, Detinha entregou não somente o PL ao futuro candidato. Trouxe ainda para a coligação do republicano o Avante e o Patriota.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte