Cidades | Reinaugurado

Estádio Nhozinho Santos é entregue à população reformado e modernizado

''Gigante da Vila Passos'' agora tem estrutura segura e moderna, proporcionando conforto a torcedores, jogadores e equipes técnicas
05/09/2020 às 17h00
Reinauguração do Estádio Nhozinho Santos faz parte das comemorações pelo aniversário de 408 anos de São Luís

São Luís - O Estádio Municipal Nhozinho Santos foi entregue a população neste sábado (5), após reforma estrutural que modernizou o 'Gigante da Vila Passos', como é popularmente conhecido o estádio que completa 70 anos no próximo mês. A reinauguração integra as comemorações pelos 408 anos de São Luís, celebrado dia 8 de setembro. O estádio passou pela maior reforma de sua história que contemplou desde a troca do gramado, nova iluminação, entre outros serviços que tornaram a arena esportiva mais bonita e moderna.

A reforma, executada pela Prefeitura por meio do programa São Luís em Obras, acabou com todos os problemas estruturais que comprometiam a segurança do público, atletas e equipes técnicas durante as competições esportivas. Ainda marcando a entrega do estádio, na tarde de sábado, foi realizada partida entre São José e Moto Club pelo Campeonato Maranhense de Futebol, sem público por causa da pandemia da Covid-19. O estádio tem capacidade para receber 13 mil torcedores.

"É um momento de muita felicidade fazer a entrega de um local histórico para São Luís. São 70 anos de uma história que se confunde com a história da cidade já que o Nhozinho Santos foi palco de grandes eventos esportivos, recebendo grandes jogadores e times locais e nacionais. Agora, o estádio volta a contar com toda a estrutura necessária para receber estes grandes jogos. A nova iluminação vai permitir a realização de partidas tanto durante o dia quanto à noite. Reformamos toda a parte estrutural que colocava o estádio em risco de desabar. Fizemos a troca da grama e dos alambrados, deixando o estádio nas mesmas condições de grandes arenas nacionais. Com isso, o estádio poderá voltar a receber, quando for possível, todo o seu público de 13 mil pessoas. A entrega do Nhozinho Santos totalmente reformado é um dos muitos presentes para São Luís nos seus 408 anos", destacou o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Homenagens
Durante a reinauguração do estádio, o prefeito Edivaldo homenageou nomes que fizeram história na crônica esportiva maranhense. As cabines de transmissão receberam os nomes de Deny Cabral, Herbet Fontenele, Roberto Fernandes, Adolfo Vieira, Juraci Vieira, Rony Moreira e Alfredo Menezes. Familiares dos homenageados estiveram presentes e ficaram emocionados.

Sueline Moraes Fernandes, viúva do jornalista Roberto Fernandes, disse que a homenagem foi uma honra para toda a família. "Roberto passou grande parte de sua vida neste estádio. Se ele estivesse aqui, estaria muito feliz porque ele sempre foi um grande defensor do esporte. Ele dizia sempre que o esporte era transformador, então, ficamos muito felizes com essa lembrança", disse.

LEIA TAMBÉM:

Jornalista Alfredo Menezes é homenageado em cabine do Nhozinho Santos

Moto e São José ficam no 0 a 0 na reinauguração do Nhozinho Santos

Reforma estrutural
O Estádio Municipal Nhozinho Santos, do alto de sete décadas de história, recebeu reforma ampla, estrutural e de readequação às normas de segurança. "Com a reforma que a gestão do prefeito Edivaldo executou acabamos com o risco de colapso do estádio. Desde a marquise até as arquibancadas estavam sob risco de desabar antes da reforma", informou o titular da Semosp, Antonio Araújo.

.

Com a reforma, o estádio foi adaptado seguindo todas as normas técnicas e de acessibilidade, necessárias para receber jogos estaduais e nacionais. Um dos destaques da obra foi a implantação de grama sintética na área dos vestiários para que os atletas possam fazer seu aquecimento com mais tranquilidade e sem precisar ir ao campo.

O estádio recebeu um sistema de iluminação mais eficiente, além de mais econômico, todo em LED. Com isso, as partidas podem ser realizadas tanto durante o dia quanto à noite. Os banheiros e vestiários ganharam novas louças sanitárias e foram modernizados, assim como a área dos bares e lanchonete, que ficaram mais amplos e atendem às necessidades reivindicadas pelos frequentadores. A arena também conta com uma rede de combate a incêndio.

A Prefeitura realizou a substituição de todo o gramado. Anteriormente, o campo tinha sete diferentes tipos de grama, além de erva daninha. Agora, apenas um tipo de grama cobre o espaço que recebeu o mesmo gramado que o Estádio do Maracanã (RJ). Para a conservação dessa nova estrutura, um novo sistema de irrigação foi implantado. O Estádio Nhozinho Santos também recebeu nova pintura interna e externa; portas e portões também foram trocados.

Também foram corrigidas as fissuras nas estruturas de aço existentes, substituídos equipamentos que não tinham mais utilidade para manter intacta a infraestrutura e foi realizada a impermeabilização de todo o estádio, que tinha, pelo menos, 130 pontos de infiltração, o que ameaçava a estabilização do prédio e a segurança dos torcedores.

Entre as modificações acrescentadas estão a recuperação de toda a parte hidráulica e elétrica; das cabines da rádio transmissão; limpeza do poço artesiano que abastece o espaço; restauração do placar eletrônico e das torres de iluminação.

SAIBA MAIS

HISTÓRIA
O nome do Estádio Municipal Nhozinho Santos é uma homenagem a Joaquim Moreira Alves dos Santos, considerado o personagem que deu início a atividade futebolística no Maranhão. Foi inaugurado em 1º de outubro de 1950. O primeiro jogo no estádio foi entre Sampaio (MA) e Paysandu (PA), em 1980. O tricolor maranhense venceu a partida por 2×1. O primeiro gol marcado no 'Gigante da Vila Passos' foi do jogador Hélio (Paysandu), aos 25 minutos do primeiro tempo.

SÃO LUÍS 408 ANOS
A reinauguração do Estádio Municipal Nhozinho Santos faz parte do pacote de obras que estão sendo entregues para comemorar os 408 anos de São Luís. O calendário festivo foi aberto dia 22 de agosto com a reinauguração do Parque do Bom Menino.

Também já foram entregues um conjunto de 11 praças no Vinhais, de um pacote de 17 que estão sendo construídas no bairro; no Cohab Anil foram entregues 10 praças de um total de 28 que serão implantadas na região. O cronograma de entregas segue ao longo de todo o mês de setembro. E até o fim do ano serão inauguradas diversas obras estruturantes pela cidade que consolidam o grande volume de trabalho executado na capital na gestão do prefeito Edivaldo.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte