Geral | Saúde

Especialista recomenda diagnóstico preventivo para não agravar doença

Para o médico Rodrigo Gomes, diretor executivo da Clínica Mais Imagem, com a queda no número de casos da pandemia, é imprescindível que as pessoas procurem as clínicas, tomando os devidos cuidados
Thiago Bastos / O Estado 05/09/2020
Especialista recomenda diagnóstico preventivo para não agravar doença Diretor-executivo da Clínica Mais Imagem, Rodrigo Gomes, recomenda volta às clínicas com recuo da pandemia (Divulgação)

SÃO LUÍS - Com a pandemia do coronavírus e a determinação de medidas de isolamento social, a frequência de pacientes em clínicas da capital diminuiu, nos últimos meses. Aos poucos, os estabelecimentos voltam a receber clientes, adotando medidas de proteção necessárias.

A Clínica Mais Imagem, por exemplo, situada no Jardim Renascença, vem executando ações para preservar os pacientes e, assim, zelar pelo diagnóstico precoce e tratamento eficaz de enfermidade. A empresa foi a primeira no Maranhão a enviar imagens e laudos dos exames de tomografia de pacientes, via WhatsApp, em um prazo máximo de até uma hora.

De acordo com o diretor-executivo da Clínica Mais Imagem, Rodrigo Gomes, doenças crônicas mal controladas e as que podem ser diagnosticadas precocemente por exames podem ser perigosas. Segundo ele, é fundamental que as pessoas voltem a se preocupar com o diagnóstico preventivo.

Qual o impacto da pandemia na manutenção da rotina diária da empresa? Houve mudança de rotina ou no atendimento, por exemplo?

Sim, sem dúvida. Aumentamos o número de funcionários voltados para a limpeza e higienização da empresa, aumentamos a frequência da limpeza dos ambientes, implantamos novos protocolos de desinfecção conforme as orientações dos órgãos competentes e elevamos, por exemplo, a frequência na higienização do sistema de climatização e da higienização das superfícies. Além dessas medidas, estimulamos os pacientes a enviar os pedidos médicos pelo WhatsApp para que adiantássemos ao máximo suas fichas de atendimento. Desta forma, foi possível reduzir a permanência dos pacientes na clínica.

De que forma a empresa buscou alternativas para contornar a proibição da proximidade física e, ao mesmo tempo, manter o acompanhamento dos pacientes?

Foi necessário primeiramente reduzir o número de poltronas para uso dos pacientes em espera. Além disso, as poltronas colocadas eram dispostas com certa distância e os atendimentos foram divididos em quatro recepções distintas. As portas da clínica foram mantidas abertas para aumentar a circulação de ar e os pacientes idosos e/ou com comorbidades eram orientados a vir nos horários em que normalmente a clínica estava mais vazia. Outra medida importante foi aumentar o horário de atendimento, estendendo até 22h. E foi implantado o sistema de teleatendimento para que os pacientes não ficassem desassistidos.

Quais as medidas adotadas internamente pela empresa para receber os pacientes de forma pessoal e, assim, garantir o cumprimento das medidas sanitárias?

É sempre importante, neste caso, manter a eficiência e simpatia. Um bom sorriso e um olhar impactante, que conquiste nosso cliente, são fundamentais para que não percamos nossa marca registrada.

Qual a importância da medicina preventiva para o tratamento e controle de doenças?

A medicina preventiva é a especialidade dedicada à prevenção de doenças ao invés do tratamento das mesmas. O setor privado tende a trabalhar para identificar precocemente as doenças. Dessa forma a chance do desfecho favorável para o paciente é maior. A medicina preventiva é fundamental, especialmente quando pensamos em doenças crônicas como pressão alta, diabetes e doenças agressivas com câncer. O principal objetivo é promover a saúde e diagnosticar precocemente as doenças para que o tratamento seja mais eficiente e o paciente tenha um desfecho mais favorável.

A empresa deu ou dá suporte a pacientes com sintomas gripais ou suspeita de coronavírus? Se sim, quais os procedimentos adotados neste caso?

Nossa empresa é uma clínica que realiza exames ambulatoriais, estávamos implantando os consultórios e, devido à pandemia, iniciamos o teleatendimento, então não tivemos tantos atendimentos de pacientes com sintomas gripais. Os pacientes que realizam exames e eram considerados suspeitos, eram orientados a procurar seus médicos ou, em casos mais graves, a procurar unidade hospitalar. Os exames desses pacientes eram priorizados e enviados pelo WhatsApp em menos de 60 minutos.

É possível mensurar o grau de importância de procedimentos de imagem na medicina preventiva?

Os exames de imagem são muito importantes na medicina preventiva, já que atualmente dispomos de tecnologias que permitem executar exames que detectam doenças nas suas fases iniciais, ou alterações que quando não tratadas podem se tornar doenças graves. Vale lembrar, neste caso, da mamografia para mulheres com mais de 40 anos, da avaliação das artérias coronárias por tomografia computadorizada em pacientes selecionados, da ressonância magnética, e outros procedimentos.

É recomendável o (a) paciente voltar a frequentar ambientes comuns e realizar procedimentos preventivos, como exames por exemplo?

Nossa recomendação é que os pacientes devem realizar procedimentos preventivos sim, até por que é notória a redução da curva da pandemia. Claro que recomendamos que tudo seja feito com as medidas de distanciamento e de proteção, procurando serviços que se preocupem em ofertar o procedimento com todas as medidas necessárias As doenças crônicas mal controladas e que podem ser diagnosticadas por exames podem ser perigosas. Não recomendamos que as pessoas com fatores de risco frequentem ambientes comuns sem necessidade, mas cuidar da saúde é necessário.

Com a baixa oferta de procedimentos (como exames de imagem) na rede pública, de que forma empresas como a sua se inserem no mercado?

Nós atendemos ampla gama de convênios de saúde e ofertamos procedimentos particulares com excelente custo benefício. Além disso, temos condições facilitadas de pagamento em cartões de crédito, com parcelamento em até 12 vezes sem juros. Nosso atendimento é premium, com hora marcada e nossos médicos tem RQE (especialidade registrada). Temos ainda um programa que se chama “Mais Imagem Solidária”, um projeto de responsabilidade social destinado a beneficiários do bolsa família e do auxilio emergencial do governo federal com condições e valores diferenciados.

Outras medidas tomadas pela Clínica Mais Imagem

- Pacientes com quadro suspeito foram orientados para que procurassem logo o médico assistente, após a realização dos exames.

- Implantação do serviço de teleatendimento em diversas especialidades médicas

- Colocação de barreiras, para aumentar o distanciamento entre as poltronas onde os pacientes aguardam para ser atendidos

- Aumento do intervalo entre os atendimentos agendados

- Fornecimento de materiais de proteção individual aos funcionários e treinamento para o uso dos acessórios

- Orientação para que os pacientes com tem sintomas gripais não realizassem exames de rotina.

Mais

Redes Sociais

Clínica Mais Imagem

Instagram: @maisimagemslz

Facebook: @maisimagemslz

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte