Cidades | Quase extintos

Sinos das igrejas de SL: toque sagrado que pode silenciar

Tradição milenar de tocar sinos pode se perder em São Luís, cidade onde a maioria das igrejas tradicionais já se calou, por causa do comprometimento das torres sineiras da capital
Evandro Júnior / O Estado22/08/2020

São Luís - Tradição em muitas cidades históricas brasileiras, o toque harmonioso dos sinos, chamando os fiéis para a missa e marcando os horários de oração, está em vias de extinção em São Luís. No centro da cidade, a maioria das igrejas não mais anuncia as missas nem utiliza o artifício musical sacro para enviar mensagens à comunidade. O silêncio tem uma explicação: a precariedade das torres sineiras que, por falta de manutenção, comprometem toda a estrutura. Por essa razão, a ordem é silenciar.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte