Política | Plano Emergencial

Investimento em Saúde é inferior a Cultura, Esporte e Lazer no MA

Dino lançou plano para estimular o comércio e gerar emprego e renda entre os meses de agosto e dezembro deste ano; ao todo, serão aplicados R$ 558 milhões
Ronaldo Rocha21/08/2020

Com um tom político e fortes críticas à gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em meio à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus [Covid-19], o governador Flávio Dino (PCdoB) lançou ontem, em pronunciamento virtual, o Plano Emergencial de Empregos (PPE) Celso Furtado, que terá aporte global de R$ 558 milhões e previsão de contratação de obras e serviços em diversos setores entre os meses de agosto e dezembro deste ano.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte