PH | COLUNA SOCIAL

Pergentino Holanda

04/08/2020

Dia dos Pais
Páscoa, Dia das Mães, São João...
Se as datas comemorativas do primeiro semestre foram fortemente afetadas pelo distanciamento necessário para conter a pandemia do novo coronavírus, não seria, agora, o Dia dos Pais a salvar-se, apesar da reabertura dos shoppings e da queda de 8% projetar um mal menor.
Do mês iniciado no último sábado, até a data dedicada aos genitores, domingo, dia 9, a previsão de perda no varejo deve alcançar em torno de R$ 70 milhões.
A causa da queda precisa ser melhor investigada, pois a queda pode não resultar apenas da pandemia: ano passado, sem qualquer problema de riscos de contágio nas operações de compra e venda, já havia sido registrada uma significativa retração de faturamento.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte