Política | Eleições 2020

Dutra informa ao PCdoB que vai disputar a reeleição em Paço do Lumiar

Domingos Dutra se licenciou da Prefeitura de Paço do Lumiar devido a um Acidente Vascular Cerebral (AVC) ocorrido ano passado
Gilberto Léda/ Da editoria de Política27/07/2020 às 21h52
Dutra informa ao PCdoB que vai disputar a reeleição em Paço do LumiarDomingos Dutra enviou comunicado ao PCdoB afirmando que disputará a reeleição em Paço do Lumiar (Reprodução)

São Luís - O prefeito licenciado de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, informou ao seu partido, o PCdoB, que disputará a reeleição na cidade.

O comunista fez o comunicado no dia 22 de julho, por meio de carta tornada pública durante o fim de semana. No documento, ele afirma à direção municipal da legenda que, como atual prefeito eleito, tem o direito à reeleição e, assim solicita informações sobre a convenção municipal da sigla.

Dutra elegeu-se prefeito em 2016, mas está fora do comando do Município desde julho do ano passado, quando sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Ele chegou a tentar reassumir o posto após deixar o hospital, mas, a pedido do Ministério Público e por decisão da Câmara de Vereadores, foi mantido de licença.

“Votamos em cumprimento da legislação, respeitando a democracia, tomando essa decisão de forma unânime”, declarou o vice-presidente da Casa, vereador Leonardo Bruno (PPS), na ocasião.

Antes disso, o juiz Carlos Roberto de Oliveira Paula, da 2ª Vara de Paço do Lumiar, chegou a determinar a realização de perícia médica “para aferição da real capacidade” do prefeito Domingos Dutra, após ele reassumir o comando da Prefeitura, em março de 2020, e, logo depois, passar mal novamente.

Na ocasião, a esposa dele, Núbia Dutra, foi expulsa por populares do Centro Administrativo do Município. Era dela o pedido de perícia feito numa ação ainda de 2019, em que se tentava provar justamente a incapacidade do prefeito para assumir sua curatela.

Em virtude de, naquele momento, não ser mais do interesse que ele não assumisse, a primeira-dama acabou tentando desistir da ação, o que não foi deferido pelo magistrado.

Desde então, vale a decisão tomada pela Câmara, e a gestão de Paço do Lumiar tem sido exercida pela vice-prefeita, Paula da Pindoba (SD).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte