Geral | Resultados Positivos

Vacina de Oxford é segura e produz imunidade, aponta resultados preliminares

Terceira fase dos testes está ocorrendo no Brasil; é provável que seja necessário tomar uma segunda dose da vacina para efeito total de imunidade
20/07/2020 às 12h09
Vacina de Oxford é segura e produz imunidade, aponta resultados preliminares REUTERS

São Luís - A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, parece ser segura e capaz de desenvolver anticorpos contra o novo coronavírus. Os primeiros resultados do ensaio envolvendo cerca de 1.077 pessoas foram divulgados nesta segunda-feira, 20, na renomada revista The Lancet. De acordo com os dados, as pessoas que receberam a imunização produziram anticorpos e glóbulos brancos para combater o vírus.

A vacina não apresentou nenhum efeito colateral grave e provocou respostas imunes com anticorpos e células T, de acordo com os resultados dos testes. Apesar das descobertas serem promissoras, ainda é cedo para dizer que a vacina protege totalmente

. As demais fases, com ensaios maiores, ainda estão em andamento. A imunização está sendo testada desde o mês passado no Brasil em fase 3 de estudos clínicos, a última etapa antes do registro, num estudo liderado pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte