Cidades | Estragos

Prefeitura de São Luís atua para minimizar danos após forte ventania

Por medida de segurança, a Defesa Civil Municipal interditou algumas ruas, onde há destroços causados pela ventania tais como queda de poste, telhas, placas de metal e outros
13/07/2020 às 19h04
 Prefeitura de São Luís atua para minimizar danos após forte ventaniaEquipes da Defesa Civil Municipal estiveram nos locais onde aconteceram os estragos causados pelo vendaval (Divulgação)

São Luís - Equipes da Prefeitura de São Luís foram deslocadas, ainda na tarde de ontem, 13, para os locais que sofreram danos e estragos por causa da ventania que atingiu São Luís no início das tarde. Fora, deslocadas equipes da Defesa Civil Municipal, Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) e do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur) a fim de tomar as providências necessárias diante dos estragos causados na região.

Por medida de segurança, a Defesa Civil Municipal interditou algumas ruas, onde há destroços causados pela ventania tais como queda de poste, telhas, placas de metal e outros. Todas as medidas estão sendo tomadas a fim de evitar transtornos e riscos para proprietários de estabelecimento comerciais e para domicílios e moradores da região. Além da Forquilha também houve registro de ventania na região da Cidade Operária que também recebeu equipe da Defesa Civil.

Em conjunto com o Corpo de Bombeiros, equipes do Impur e do Comitê Gestor de Limpeza Urbana realizam a remoção de troncos e de galhos de árvores, desobstruindo as pistas.

Equipes da Semosp também estiveram no local para avaliar os danos causados na rede de iluminação pública, mas não há registro de intercorrência. No entanto, o fornecimento de energia na região foi interrompido em razão do comprometimento da rede residencial, operada pela empresa Equatorial.

Para garantir mais fluidez ao trânsito guardas da SMTT permaneceram no local orientando os motoristas. As equipes se concentraram no retorno da Forquilha/Avenida Guajajaras e estrada de Ribamar. Não houve registro de pessoas feridas e/ou desabrigadas.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte