Cidades | Saúde da população

Número de unidades do programa Saúde na Hora que atendem aos sábados é ampliado

Além das 12 unidades de saúde que já integram o programa, mais quatro passaram a atender com horário ampliado a partir de hoje
11/07/2020 às 16h26
Número de unidades do programa Saúde na Hora que atendem aos sábados é ampliadoPrefeitura de São Luís amplia número de unidades do programa Saúde na Hora que atende também aos sábados (Divulgação)

São Luís - O programa Saúde na Hora, implantado em 2020 na capital maranhense e elaborado pelo Ministério da Saúde (MS), e que estava implantado em 12 unidades de saúde, passou para 16. As quatro unidades que se somaram à lista são Centro de Saúde da Liberdade, Centro de Saúde Macieira (no Sacavém), além dos centros de saúde da Vila Sarney e Laura Vasconcelos (na Estiva). As novas unidades iniciaram o atendimento ampliado neste sábado (11).

O diferencial do programa é o funcionamento das unidades aos sábados, das 7h ao meio-dia e de segunda a sexta-feira das 8h às 18h, com consultas de várias especialidades, aplicação de vacinas e colocação de curativos, além de outros serviços. No caso das vacinas, a Semus reforça que as doses contra o sarampo e influenza/H1N1 estarão disponíveis.

No caso da influenza/H1N1, a prioridade é vacinar adultos entre 55 e 59 anos de idade, além de gestantes e crianças entre seis meses e menores de seis anos, cujas coberturas ainda estão abaixo da expectativa. No caso do sarampo, a meta é cobrir adultos entre 20 e 49 anos. Quem já tomou uma dose de sarampo, deve procurar novamente as unidades para a aplicação de dose extra.

Sobre a oferta das unidades aos sábados, o secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho, destaca a ampliação dos serviços e, principalmente, a possibilidade de consultas aos fins de semana. “Nem todos têm disponibilidade de procurar uma das nossas unidades durante a semana. Por isso, desde o início do ano, ofertamos este serviço diferenciado, com boa aceitação. Para que mais pessoas sejam beneficiadas, foi feita a ampliação do serviço, com mais unidades”, afirmou.

Meta
A meta da Semus é que o programa Saúde na Hora seja estendido para toda a rede da capital, ofertando serviços de consultas, acolhimento de materiais para análise laboratorial, aplicação de vacinas, curativos e de serviços odontológicos.

Já funcionam com com atendimento estendido o Centro de Saúde Clodomir Pinheiro Costa (no Anjo da Guarda), Centro de Saúde São Raimundo, Unidade de Saúde da Família do São Francisco, Centro de Saúde Cohab Anil, Unidade Básica de Saúde Cintra (Anil), Centro de Saúde Santa Bárbara, Centro de Saúde Turu, Centro de Saúde Vila Nova, Centro de Saúde Fabiciana Moraes (Habitar Nice Lobão), Centro de Saúde Genésio Ramos Filho (Cohab), Centro de Saúde Dr. Antônio Carlos Sousa Reis (Cidade Olímpica I) e Centro de Saúde Vila Bacanga.

SAIBA MAIS

UNIDADES SAÚDE NA HORA

Centro de Saúde Clodomir Pinheiro Costa - Avenida Principal, s/n, Anjo da Guarda
Centro de Saúde São Raimundo - Vila Mauro Fecury, s/n, bairro São Raimundo
USF no São Francisco - Rua das Paparaúbas, Quadra 13, Lote 31, São Francisco
Centro de Saúde na Cohab Anil - Rua 4, Sem número, Conjunto Cohab Anil I
Unidade Básica de Saúde Cintra (Anil) - Rua da Companhia, nº 1, Anil
Centro de Saúde no Santa Bárbara - Rua Principal, nº 180. Santa Bárbara
Centro de Saúde no Turu - Avenida Celso Coutinho, sem número. Bairro Turu
Centro de Saúde Vila Nova - Praça Raimundo Sousa Gomes, sem número. Bairro Vila Nova
Centro de Saúde Fabiciana Moraes - Rua 3, Quadra 7, sem número. Conjunto Habitar Nice Lobão
Centro de Saúde Genésio Ramos Filho - Rua Coronel Vieira, sem número, Cohab Anil IV
Centro de Saúde Dr. Antônio Carlos Sousa Reis - Avenida 4, Quadra 36, Casa 11, Cidade Olímpica I
Centro de Saúde Vila Bacanga - R. União Belo, S/N - Vila Bacanga
Centro de Saúde Liberdade - Rua Epitácio Pessoa, 323 – Liberdade
Centro de Saúde Macieira - Avenida dos Africanos, s/n – Sacavém
Centro de Saúde Vila Sarney - km 7, BR-135
Centro de Saúde Laura Vasconcelos - BR-135, Km, 23, s/n, Vila Maranhão, Região da Estiva

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte