Alternativo | Documentário

Registros históricos do criador do guaraná Jesus

A trajetória de Jesus Norberto Gomes será contada em documentário cujas filmagens deverão iniciar ainda este ano
27/06/2020
Registros históricos do criador do guaraná JesusProdução do filme: Itevaldo Junior, Roberta Gomes, Fernanda Kalume e Ben Hur (DIVULGAÇÃO)

SÃO LUÍS-Com filmagens previstas para começar no segundo semestre deste ano, o documentário “Além do Sonho Cor de Rosa: A História de Jesus Norberto Gomes”, vai narrar a trajetória do farmacêutico que criou, na década de 1920, a bebida que viria ser um símbolo do Maranhão, o guaraná Jesus. Mas não só isso. A obra abordará também o empreendedorismo, o amor pelas artes e outras histórias deste homem que até os 15 anos não sabia ler nem escrever.

O documentário terá direção do cineasta Frederico Machado, produção da Desdobro Produções, produção executiva da Kalstoi Produções, coprodução e roteiro dos jornalistas Roberta Gomes (bisneta de Jesus Norberto) e Itevaldo Junior. “Contar a história real do meu bisavô Jesus e documentá-la com grandiosidade que ela merece é uma honra para nós. Nos sentimos na obrigação de fazer isso por ele, por tudo que ele fez – muito além do refrigerante -, pela família e por todos os maranhenses e brasileiros, que merecem conhecer e se inspirar no seu exemplo”, afirma a jornalista Roberta Gomes, bisneta de Jesus e uma das roteiristas do filme.

O refrigerante, primeiramente batizado de Kola Guaraná Jesus, foi descrito como “admiravel combinação das excelentes propriedades da Kola e do Guaraná em uma bebida gazosa de suave e fino paladar” em texto utilizado em seus primeiros rótulos. Tanto os textos quantos os rótulos eram elaborados pelo criador da bebida: o farmacêutico Jesus Norberto Gomes, que nasceu em Vitória do Mearim (MA) e só aprendeu a ler e escrever depois dos 15 anos. Sobre ele, muitas lendas e estórias foram espalhadas ao longo do quase um século.

Pouco se sabe sobre as facetas desse homem, que além de fazer remédios e bebidas como a Jesus, abusava de suas capacidades empreendedoras, da sua admiração pelas artes e saía à frente de seu tempo nas ações pensando sempre coletivamente. “Quando conheci a história do Jesus, fique encantada e no mesmo instante afirmei que queria contá-la para o mundo. E isso está acontecendo. O Maranhão, o Brasil e o mundo precisam conhecer a vida desse homem incrível!”, comenta a produtora cinematográfica Fernanda Kalume.

Ponto de partida

A obra cinematográfica tem como base inicial de inspiração o livro “Jesus Gomes – Sua vida, seu sonho”, escrito pelo filho Elir Jesus Gomes, de 85 anos. “Sempre acreditei que a vida de meu pai poderia virar filme. Um homem de história linda e inspiradora. E pouco se conhece. Espero que as pessoas conheçam verdadeiramente quem teve a genialidade de criar um refrigerante como o Guaraná Jesus”, diz Elir Gomes.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte