Cidades | São João solidário

Instituições do Maranhão recebem doações do Santander

São João solidário arrecadou mais de 38 toneladas de alimentos
Com informações da assessoria 24/06/2020 às 08h28
Instituições do Maranhão recebem doações do Santander Divulgação

São Luís – Duas instituições do Maranhão, o Centro Social Shalom, em São Luís, e o CAFDS Alto do Pinho, em Caxias, receberam doações do banco Santander que foram arrecadados pelo São João Solidário.

Os 968 funcionários da rede Norte do Santander Brasil, dos estados do Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Amapá, Amazonas, Acre e Roraima, realizaram o São João solidário de forma virtual para a arrecadação de itens alimentícios e de higiene pessoal.

No total, os colaboradores, amigos, familiares e alguns clientes ajudaram na coleta de 38,1 toneladas em cestas básicas; 1,1 mil pacotes de fraldas geriátricas; 1,8 mil litros de água mineral; 520 frascos de álcool em gel e 100 kits de higiene. Instituições, comunidades e moradores de rua de 31 cidades desses Estados já estão recebendo os materiais.

“Temos papel de transformar a sociedade em que atuamos com outras ferramentas além de nossas soluções financeiras. Aproveitamos a tradição desses Estados do Norte e Nordeste do País em festejar o mês de São João e fizemos um evento virtual, todos de casa, sem aglomerações e com esse tema, para arrecadarmos os itens para as pessoas que estão sendo prejudicadas neste período de pandemia”, explica o superintendente executivo da Rede Norte, Paulo Cesar Alves. Segundo ele, além da ação social, o evento conseguiu uma maior integração, mesmo que de forma online, da equipe gerida por ele. “Tiveram apresentações musicais de talentos do time e até um ‘casamento de matuto’, típico de festa de São João, interpretado pelos funcionários, que estavam em suas casas”, explica o executivo.

Além do Maranhão, também foram beneficiados o Acre, Roraima, Amazonas, Amapá, Pará, Ceará e Piauí.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte