Esporte | Karatê na pandemia

Maranhense treina com professores do Japão durante isolamento social

Radhyja do Carmo, que em 2019 ocupou 3º lugar em ranking nacional, se aprimora por meio de workshop com professores do Japão, em seminário online
18/06/2020 às 19h08
Radhyja do Carmo durante treino em casa

SÃO LUÍS – Maior expoente na sua categoria dentro Maranhão, a karateca Radhyja do Carmo Silva segue aprimorando seu conhecimento no esporte, mesmo em tempos de isolamento social por causa da pandemia. Com suas atividades esportivas e também escolares suspensas, a jovem atleta tem dedicado parte do seu tempo, mas precisamente as madrugadas, para fazer um workshop com professores do Japão, em um seminário online. Diariamente ela treina, também pela internet, com sensei o Marco Aurélio, da Japan Karate Shoto Federation (JKS).

Eleita em 2019 pela Federação Maranhense de Karate (FKEM) a melhor atleta da sua categoria, então sub-12, Radhyja, que, até o ano passado, ocupava a 3ª colocação ranking nacional da Confederação Brasileira de Karatê (CBK), não parou de treinar e segue se aprimorando para se manter entre as melhores do país.

Nesta semana, a jovem atleta participou de workshop com professores do Japão. Por conta do fuso horário, as aulas foram na madrugada aqui do Brasil. Ao todo, foram três aulas preparatórias. Mesmo antes do aperfeiçoamento com os japoneses, a maranhense já vinha praticando os ensinamentos da Japan Karate Shoto Federation (JKS), com os treinamentos com o sensei Marco Aurélio, vinculado à escola do país asiático, que se baseia no desenvolvimento de métodos do Karate Shotokan tradicional em competições internacionais.

Radhyja se aprimora com aulas online durante isolamento

A volta do karatê

Assim como o karatê da Radhyja do Carmo, outras modalidades esportivas ainda não têm data para retorno no Maranhão, assim como no país. Na última segunda-feira (15), a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel) iniciou uma série de reuniões com representantes das respetivas federações. Representantes das federações de capoeira, ginástica rítmica, karatê, bicicroos, jiu-jitsu, judô, surf, taekwondo e tiro esportivo participaram dos encontros.

As reuniões têm como meta instituir um protocolo de retorno gradual das atividades esportivas pós-pandemia, delineando o limite de ocupação em cada área, além de elaborar ações para diminuir o efeito da pandemia para os profissionais do setor. A agenda foi liderada pelo secretário de Estado de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte