Geral | Rachadinha

Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, é preso em São Paulo

Ele é investigado por participação em suposto esquema de ''rachadinha'' na Alerj à época em que Flávio era deputado estadual
Com informações do Estadão Conteúdo18/06/2020 às 07h32
Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, é preso em São PauloReprodução

São Paulo - O policial militar aposentado Fabrício Queiroz foi preso nesta quinta-feira, 18, em Atibaia, no interior de São Paulo, numa operação da Polícia Civil e do Ministério Público de São Paulo, segundo informações da Globo News. Queiroz é ex-assessor parlamentar do gabinete de Flávio Bolsonaro, quando este era deputado estadual no Rio de Janeiro. Ele estava num imóvel do advogado de Flávio e não teria reagido.

A prisão faz parte de desdobramento da investigação que apura esquema de "rachadinha" na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, que é o desvio de públicos por meio da devolução parcial de salário pelos assessores. Ele também é investigado por lavagem de dinheiro fazendo transações imobiliárias com valores de compra e venda fraudados.

Queiroz é investigado pelo Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro após um relatório do Coaf apontar movimentação atípica em sua conta de R$ 1,2 milhão. Em abril de 2019, a Justiça do Rio de Janeiro determinou a quebra do sigilo fiscal e bancário de Queiroz, do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), e de outras 84 pessoas e nove empresas entre 2007 e 2018.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte