Vida | Ansiedade

Como se manter produtivo em tempos tão estressantes?

Psicológa explica como esse momento nos afeta e dá dicas para manter a produtividade mesmo confinados em casa
17/06/2020

SÃO PAULO- Medo, insegurança, impermanência, impotência, falta de perspectiva, assombro pelo invisível. Esses são alguns sentimentos que podem ser desencadeados em todos nós durante este período de pandemia Mesmo com a flexibilização de atividades em boa parte do país, muitos ainda est~~ao em home office e ficar confinado dentro de casa tem causado uma série de sensações refletindo na concentração e produtividade, principalmente para aqueles que precisam estudar ou trabalhar normalmente, mesmo à distância. O novo normal não está sendo fácil para muitas pessoas e manter a sanidade mental e o bom rendimento em meio a um turbilhão de acontecimentos são desafios, sendo ainda mais fortes naqueles que já sofrem de depressão e ansiedade. “Para os perfis onde os transtornos de humor se fazem presentes, isso tende a ser potencializado geometricamente. A pandemia dois dos estados mentais que são centrais nestes dois quadros clínicos, que são o medo, a base da ansiedade, e a desesperança, a base da depressão. Além disso, são potencializados pelos estressores de uma convivência familiar não saudável”, explica a psicóloga e coordenadora da pós-graduação em neuropsicologia clínica da Faculdade IDE, Eliana Almeida.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte