Polícia | Violência

Assassinatos e tragédia marcam fim de semana no interior do estado

EX-presidiário foi assassinado e degolado em Imperatriz, e dois homicídios por ciúmes assustam cidades menores; policial militar morreu afogado em naufrágio
Ismael Araújo / O Estado 16/06/2020

SÃO LUÍS - Assassinatos com requintes de crueldades e tragédia marcaram o último fim de semana no interior do estado. Na cidade de Imperatriz, encontraram o corpo do ex-presidiário Arialdo da Silva Sousa, de 26 anos, no domingo, 14, boiando no rio Tocantins. Ele estava sem a cabeça e havia mais de 50 marcas de golpes de faca pelo corpo.
O caso está sendo investigado pela equipe da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoas (DHPP) e até o período da tarde de ontem não havia sido encontrada a cabeça da vítima, como ainda não havia registro de algum envolvido nesse crime. Segundo a polícia, esse crime foi cometido por integrantes de uma facção criminosa.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte