Política | Brasília

Ativista Sara Winter é presa pela Polícia Federal

Mandado de prisão é a pedido do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes
Com informações do G115/06/2020 às 08h45
Ativista Sara Winter é presa pela Polícia Federal Reprodução

Brasília - Nesta manhã de segunda-feira, 14, a ativista Sara Winter, líder do grupo 300 do Brasil, um coletivo de apoio ao Presidente Jair Bolsonaro, foi presa pela Polícia Federal, em Brasília.

A prisão foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes.

A prisão ocorre dentro do inquérito que investiga os movimentos antidemocráticos e não tem relação com o inquérito que investiga "Fake News". O mandado atende a um pedido da Procuradoria Geral da República (PGR).

Ao todo, seis pessoas foram presas. As identidades dos outros cinco detidos não haviam sido divulgadas até a publicação desta reportagem, mas todos são ligados ao grupo 300 do Brasil.

A reportagem está em atualização

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte