Polícia | No interior

Preso funcionário público acusado de integrar rede de pornografia infantil

De acordo com a polícia da Espanha, homem de Imperatriz integrava rede internacional deste tipo de crime
10/06/2020

SÃO LUÍS - Um funcionário público, nome não revelado, foi preso ontem durante a Operação Filthy Sharing (compartilhamento sujo, em inglês) da Polícia Federal, em Imperatriz, acusado de integrar uma rede internacional de pornografia infantil.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte