Polícia | Feminicídio

Acusado de estrangular a ex-companheira é levado para o presídio

Vítima, de 22 anos, foi assassinada por estrangulamento dentro de casa, em Vitória do Mearim, e Anilton Sodré, acusado pelo crime, foi preso em Penalva
Ismael Araújo / O Estado 04/06/2020

SÃO LUÍS - Anilton Sodré, que é acusado de ter estrangulado a ex-companheira Franciane Silva Andrade, de 22 anos, já está custodiado desde ontem na Unidade Prisional de Viana à disposição do Poder Judiciário. De acordo com a polícia, a vítima foi encontrada morta em sua residência, no povoado Alto do São Francisco, em Vitória do Mearim, na última segunda-feira, 1. Somente neste ano, a polícia já registrou 25 feminicídios no Maranhão. Entre os casos, 16 ocorreram durante o período de pandemia da Covid-19, o novo coronavírus, segundo os dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.
O assassinato de Franciane Silva está sendo investigado pela equipe da Polícia Civil de Vitória do Mearim. O delegado João Firmo declarou que o corpo da vítima foi encontrado por populares e havia sinais de esganadura. A polícia foi acionada e ficou sabendo que Franciane Silva tinha conhecido Anilton Sodré por meio da rede social, teve uma relação amorosa com ele, mas eles estavam separados há alguns meses.
A polícia, com base nos depoimentos da família e amigos como ainda de provas materiais, acabou solicitando o mandado de prisão em desfavor de Anilton Sodré ao Poder Judiciário. “O acusado, antes de fugir, chegou a confessar a autoria do crime”, frisou o delegado.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte