O Mundo | Pandemia

Número de mortos pela covid-19 em todo o mundo ultrapassa os 300 mil

Reino Unido (33.692 óbitos), Itália (31.368 óbitos), Espanha (27 321 óbitos), França (27.077 óbitos), Brasil (13.555 óbitos) lideram ranking
Estadão Conteúdo 14/05/2020 às 15h57
Número de mortos pela covid-19 em todo o mundo ultrapassa os 300 milSepultamentos de pessoas de baixa renda, em cemitério de Manaus (Fernando Crispim/Amazônia Real)

SÃO PAULO Os mortos pela covid-19 em todo o mundo são agora mais de 300 mil, de acordo com compilação de dados feita pela universidade americana Johns Hopkins. Às 15 horas (de Brasília) desta quinta-feira, 14, a plataforma da universidade contava 300 074 óbitos em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus.

O ranking da John Hopkins coloca os Estados Unidos como país que concentra o maior contingente de mortos: são 84.985 desde o começo da pandemia.

Reino Unido (33.692 óbitos), Itália (31.368 óbitos), Espanha (27 321 óbitos), França (27.077 óbitos), Brasil (13.555 óbitos), Bélgica (8.903 óbitos), Alemanha (7.868 óbitos), Irã (6.854 óbitos) e Holanda (5.609 óbitos) completam a lista das 10 nações com mais mortos em números absolutos.

Na contagem da instituição americana, os Estados Unidos atingiram também a marca de 1,4 milhão de infectados.

Globalmente, 4,4 milhões de pessoas já testaram positivo para o novo coronavírus.

Assim como o ranking de mortes, o Brasil está em sexto na lista dos países mais afetados pela covid-19, com 196 mil casos.

Entre o Brasil e o líder Estados Unidos estão Itália, Espanha, Reino Unido e Rússia.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte