Covid-19

Prefeito de Teresina determina barreira sanitária nas pontes que ligam o Piauí a Timon

Firmino Filho (PSDB) já havia solicitado ao governador Flávio Dino regras rígidas de isolamento social

Carla Lima/Editora de Política

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h20
Firmino Filho não teve resposta do governo do Maranhão, Flávio Dino
Firmino Filho não teve resposta do governo do Maranhão, Flávio Dino (Firmino Filho)

Depois de reclamar do afrouxamento das regras de isolamento social no Maranhão, o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), anunciou nas redes sociais que determinou barreiras sanitárias nas pontes que liga a capital piauiense a cidade de Timon.

Segundo o gestor, o objetivo é ter o controle do estado da saúde das pessoas que entram em Teresina.

"A partir da tare desta segunda-feira, 27, as pontes que ligam Teresina a Timon terão barreiras sanitárias com medição de temperatura. O objetivo de fazer um controle do estado de saúde das pessoas que entram em Teresina", escreveu o prefeito nas redes sociais.

Há duas semanas, Firmino Filho gravou um vídeo em que chamava a atenção do governador Flávio Dino para a abertura do comércio no interior do Maranhão.

O tucano disse que havia tentado conversar com o gestor maranhense, mas não havia conseguido e, por isso, gravava o vídeo.

"“A ideia é de existir uma colaboração entre o Piauí e o Maranhão, entre Teresina e o Maranhão, que nós estamos nos dirigindo ao senhor. Nós estamos extremamente preocupados com o que pode acontecer com a liberação, com o levantamento da quarentena pelo Maranhão afora. Muitos desses pacientes infectados estão correndo para a cidade de Teresina. Aquilo que é feito aí, tem repercussão em Teresina”, disse o prefeito.

Flávio Dino nunca respondeu ao gestor piauiense.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.