Geral | Saúde

Hospital Universitário da UFMA cria serviço de teleorientação

Serviço foi criado para auxiliar os pacientes durante o período de isolamento social
Kethlen Mata/ O Estado26/03/2020 às 08h55
Hospital Universitário da UFMA cria serviço de teleorientação Hospital Universitário criou serviço para tirar dúvidas (Reprodução)

SÃO LUÍS - O Hospital Universitário da UFMA recebe diariamente um expressivo número de pessoas e por isso foram necessárias algumas medidas preventivas para evitar aglomerações, como a suspensão de consultas e cirurgias eletivas, por tempo indeterminado. Devido às mudanças na rotina da Instituição de caráter preventivo ao Covid-19 (Coronavírus) surgiu a necessidade desse serviço de teleorientação, que será feito por meio da busca ativa (os profissionais do HU-UFMA que irão ligar para o pacientes).

A superintendente do hospital, Joyce Santos Lages, falou sobre o porquê dessa medida. “Nossos ambulatórios recebem uma média de duas mil pessoas por dia e isso é um grande risco, e também temos um quantitativo muito grande de idosos que é considerado grupo de risco. Então, pensando em não deixar nossa população desassistida, montamos essa estrutura de teleorientação.”

A médica Janaína Bentivi, que integra o Comitê de Enfrentamento ao COVID-19 da instituição, explica como acontecerá o atendimento. “Teremos cerca de vinte estações, onde os especialistas irão ligar para os seus pacientes e identificar se ele pode esperar um, dois ou três meses para o retorno. Caso o profissional evidencie a urgência, o paciente virá ao hospital para atendimento presencial, como no caso do paciente ter feito uma cirurgia recente e ter uma intercorrência.”

Foram montadas três centrais de ligações: uma no auditório vermelho da Unidade Presidente Dutra, uma na sala de treinamento da cobertura da Unidade Materno Infantil e uma no auditório do Centro de Referência em Endocrinologia e Hepatologia. As áreas de trabalho são equipadas com computadores para acesso ao sistema do Hospital, linhas telefônicas e como medida de segurança mantém a distância exigida pelo Ministério da Saúde entre os profissionais.

As cirurgias dos pacientes que já estão internados serão realizadas, os exames de cateterismo, tomografia e ressonâncias que já foram agendados também serão realizados. Serviços como hemodiálise e obstetrícia (atendimentos para gestantes de alto risco) continuarão funcionando normalmente. Tudo foi devidamente pactuado com o gestor municipal que é o gestor no Sistema Único de Saúde do HU-UFMA e também coaduna com o decreto publicado pela prefeitura de São Luís.

O chefe da Unidade de Regulação Assistencial do HU-UFMA, Rafael da Silva de Oliveira, ressalta para a importância do cadastro estar atualizado. “Os pacientes precisam ter seus contatos telefônicos atualizados em nosso cadastro. Caso não estejam atualizados, favor ligar para 2109-1233 com o número do prontuário em mãos e fazer a atualização.”

Suspensão

As visitas aos pacientes internados, de matriciamento, religiosas e de profissionais da imprensa estão suspensas. São autorizadas somente visitas aos pacientes internados nas UTI´S da Unidade Presidente Dutra. Apenas 01 (um) familiar responsável, com permanência de no máximo 30 (trinta) minutos, no horário entre 10h e 12h.

Para os pacientes internados nas enfermarias das Unidades Presidente Dutra e Materno Infantil, bem como nas UTI´S do Materno Infantil será permitido apenas 1 (um) acompanhante por turno. O horário de troca para acompanhantes será das 7h às 8h e das 18h às 19h.

Nas consultas ambulatoriais será permitido acompanhante somente para os pacientes que tiverem dificuldade de locomoção. Pacientes com exames agendados na Unidade de Diagnóstico por Imagem, poderão ter apenas 1 (um) acompanhante.

O acesso ao hospital será permitido somente no horário da consulta/exame. Não será permitida a permanência na recepção e/ou em salas de espera, evitando aglomeração. Todas as medidas tem como objetivo diminuir a propagação de doenças e resguardar a saúde da população, reforçando a orientação para que as pessoas permaneçam em casa e tomem as medidas de cuidados pessoais.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte