Cidades | Preocupação

Esgotaram-se as doses da vacina contra a H1N1 em São Luís, diz prefeitura

Secretaria Municipal de Saúde informou que devido à grande procura nos 118 postos, nesta segunda-feira (23) esgotou-se o primeiro lote
23/03/2020 às 20h16
Esgotaram-se as doses da vacina contra a H1N1 em São Luís, diz prefeitura Foram disponibilizadas 68 salas de vacinação (Paulo Soares / O Estado)

SÃO LUÍS - A Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) informou, na noite desta segunda-feira (23), que esgotou o primeiro lote de doses da vacina contra o H1N1. A prefeitura informou que vai aguardar a reposição para reiniciar a campanha. Por enquanto, os 118 postos autorizados estarão sem as doses.

A meta, nesta primeira fase, era imunizaar as crianças a partir de 6 meses de vida a menores de 6 anos, bem como idosos a partir dos 60 anos e os profissionais que trabalham na área da saúde. Somente na capital maranhense, foram disponibilizadas 118 salas de vacinação distribuídas nas unidades de saúde do município.

Leia nota da SEMUS na íntegra

Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) informa que devido à grande procura nos 118 postos nesta segunda-feira (23) esgotou-se o primeiro lote de doses disponíveis para São Luís. Assim, está suspensa a vacinação H1N1 em todos os postos da capital.

A SEMUS informa ainda que logo que houver reposição da vacina pelo Ministério da Saúde a população será orientada a procurar os postos de vacinação. Até lá, apenas os acamados com agendamentos já feitos serão vacinados.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte