Política | Coronavírus

''Representações serão devidamente analisadas'' diz PGR

Participação do presidente da República nas manifestações do último domingo gerou críticas
17/03/2020

BRASÍLIA - Diante da repercussão gerada pelo comportamento do presidente Jair Bolsonaro que, orientado a ficar em isolamento até refazer testes para o coronavírus, participou no último domingo, 15, de ato a favor do seu governo e com críticas ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Procuradoria-Geral da República divulgou nota ontem afirmando que o Ministério Público Federal “não é um poder político”, mas “um órgão autônomo e independente”, e que todas as representações protocoladas sobre o caso serão devidamente analisadas.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte