Geral | Manobra

Risco de vazamento é monitorado em retirada de óleo de navio no Maranhão

Segundo a Marinha, existem kits de contenção de derramamentos nos locais de conexão das mangueiras no navio e na embarcação receptora do material
Nelson Melo13/03/2020

A operação para retirada de óleo do navio MV Stellar Banner, de propriedade da empresa sul-coreana Polaris Shipping, continua, com previsão para ser encerrada em até 10 dias. A manobra, conhecida tecnicamente como Abastecimento Reverso, consiste na aproximação de uma embarcação receptora, que faz o bombeamento do combustível por meio de mangueiras especiais, como acompanhou o Jornal O Estado em sobrevoo no helicóptero da Marinha do Brasil (MB). A grande preocupação é com os vazamentos, que estão sendo monitorados por meio de helicópteros, que realizam três sobrevoos diários no local onde ocorre o encalhe, na Baía de São Marcos, a 100 quilômetros da costa maranhense.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte