Alternativo | Longa-metragem

Filme "Pacificado" tem estreia prevista para abril

Filme do norte-americano Paxton Winters continua sua trajetória pelos festivais de cinema do mundo e em abril participa do Istambul Film Festival e Bafici; distribuição será da Disney/Fox
09/03/2020 às 11h09
Filme "Pacificado" tem estreia prevista para abril Cena do filme "Pacificado", que tem ganhado destaque em festivais pelo mundo (Divulgação)

São Paulo - O filme "Pacificado" registra a trajetória de Tati (Cássia Nascimento), uma menina introspectiva de 13 anos, que luta para se conectar com seu pai, Jaca (Bukassa Kabengele), depois que ele é libertado da prisão na estreia turbulenta das Olimpíadas do Rio. Enquanto a polícia brasileira de “pacificação” luta para manter uma ocupação tênue das favelas do Rio, Tati e Jaca devem navegar pelas forças conflitantes que ameaçam inviabilizar sua esperança para o futuro. No elenco: Débora Nascimento, José Loreto, Léa Garcia, entre outros.

Nascido de uma colaboração criativa de sete anos entre a comunidade do Morro dos Prazeres, o escritor e diretor Paxton Winters, o longa oferece um retrato intimista de uma família que tenta encontrar a paz no campo de batalha urbano em constante mudança que chamam de lar.

Depois de ter levado a Concha de Oro, Concha de Prata e melhor fotografia no Festival de San Sebastián; ter ganhado melhor filme na 43ª. Mostra Internacional de SP e mais outros dois prêmios nas categorias debut, direção e fotografia, no Camerimage (Torún/2019), "Pacificado" participou também do Festival de Cinema de Gotemburgo, na Suécia, além de ter sua exibição em um dos festivais mais exclusivos do circuito, o de Avara, no deserto de Israel.

O longa foi rodado no Morro dos Prazeres, onde morou por oito anos o diretor Paxton Winters. O primeiro documentário de Paxton, "Silk Road ala Turka", foi feito enquanto viajava pela Rota da Seda. Seu filme de estréia, "Crude", sobre dois mochileiros americanos e oportunistas que forjam o próprio sequestro, foi filmado na Turquia e venceu diversos prêmios internacionais.

A história do filme “Pacificado” foi co-escrita com Wellington Magalhães (morador da comunidade do Morro dos Prazeres) e Joseph Carter que também morou lá por 12 anos. O filme foi produzido pela produtora brasileira Reagent Media de São Paulo (Paula Linhares e Marcos Tellechea) e também teve coprodução do diretor norte-americano Darren Aronofsky, que trabalhou em "Réquiem para um sonho" e "Cisne negro".

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte