Esporte | Dono da ponta!

Sampaio bate o Cordino no Castelão e reassume a liderança do Maranhense

Tricolor aproveitou a fragilidade do adversário, fez 3 x 0, e retomou a ponta da classificação, que estava nas mãos do Moto Club
Eduardo Lindoso / O Estado01/03/2020 às 18h03
Sampaio bate o Cordino no Castelão e reassume a liderança do Maranhense Matheus Lima fez o gol que abriu a vitória do Sampaio (Paulo Soares)

SÃO LUÍS – Depois perder momentaneamente a liderança do Campeonato Maranhense para o rival Moto Club, o Sampaio Corrêa reassumiu a ponta da classificação ao bater o Cordino, neste domingo (1), por 3 x 0, no estádio Castelão. A equipe de Barra do Corda segue na lanterna. Os gols da Bolívia Querida foram marcados por Matheus Lima, Luan e Chaveirinho. Agora, no próximo sábado (7), o Tricolor vai encarar justamente o Papão, às 16h30, no Castelão, em duelo que vai definir que fica com a primeira colocação, ambos têm 10 pontos. Já a equipe do interior vai receber o Juventude, no Leandrão, em Barra do Corda, às 15h30, do domingo (8) em busca de reação.

Sampaio vai pra cima

Precisando vencer para retomar a liderança do campeonato, o Sampaio Corrêa, atuando em casa, foi logo tratando de partir para cima do Cordino. Aos nove minutos, o estreante Matheus Lima perdeu uma boa chance para marcar. Depois de cruzamento na área, por pouco o camisa nove não dominou com chances claras de finalizar. Logo em seguida, aos 13 minutos, o atacante Luan acertou um lindo chute, que passou raspando o ângulo do goleiro Carlos Eduardo. E, como diz aquele ditado, “água mole e pedra dura, tando bate até que fura”, a Bolívia Querida, enfim, chegou ao gol que tanto perseguia: aos 21 minutos, o bom lateral-direito Everton Silva acertou um lindo cruzamento, e Matheus Lima só escorou de cabeça para fazer o primeiro dos donos da casa: 1 x 0 Sampaio.

Depois da parada técnica, o Sampaio voltou um pouco mais lento, e, mesmo ainda dominando todas as ações da partida, não chegava mais com tanto perigo. Com a acomodação do Tricolor, o Cordino ganhou um pouco mais de coragem e tentou igualar o placar. Aos 37, André cobrou falta na área, mas ninguém com a camisa da Onça apareceu para empurrar para o gol de Andrey. No fim desta primeira etapa, Lesson quase marca contra após um cruzamento na área do Cordino. No mais, nenhum lance de mais perigo aconteceu no Castelão. Sampaio vai para o vestiário vencendo a Onça por 1 x 0.

Segundo tempo

O Sampaio começou o segundo tempo assim como o primeiro, buscando o gol. Aos nove minutos, João Vitor cruzou na área e a defesa do Cordino afastou, mas na sequência Everton Silva chegou batendo e quase faz um golaço para o Sampaio, a bola passou raspando o ângulo. E, assim como na etapa inicial, a pressão inicial da Bolívia Querida surtiu efeito: o atacante Luan sofreu pênalti, aos 18 minutos, depois de boa jogada, e ele mesmo converteu com tranquilidade: 2 x 0 Sampaio no placar. E quando parecia que o Sampaio iria mais uma vez tirar o pé do acelerador com a boa vantagem veio o terceiro. Chaveirinho fez aos 31 minutos, após mais um bom cruzamento de Everton Silva. O atacante só escorou a bola para fazer 3 x 0. Sampaio tranquilo na partida.

E Chaveirinho queria mais. Aos 37 ele quase fez o quarto gol do Tricolor, depois de bela jogada pela direita. E aos 42 novamente Chaveirinho, que acertou um forte chute, para a defesa do goleiro Carlos Eduardo, que evitou o que seria uma goleada.

No último minuto do tempo regulamentar deste segundo tempo, o artilheiro Ulisses ainda chegou a diminuir para o Cordino, mas a arbitragem viu irregularidade do meia-atacante camisa 10 e anulou o tento. Sendo assim, a partida terminou 3 x 0 para a equipe da capital, que reassumiu a liderança do Campeonato Maranhense.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO 3 x 0 CORDINO

Data: domingo, 1º de março, domingo

Local: Castelão – São Luís – MA

Público e renda: Público pagante: 1.029 torcedores // público total: 1.184 // Renda: R$ 7.020.

Árbitro: Raimundo José Chagas Araújo

Assistentes: Elson Araújo da Silva e Noab Onã Sousa da Silva

SAMPAIO

Andrey, Everton, Thiago, Marcão e João Vitor; Ramon, Everton Dias (Henrique) e Joãozinho (Neto); Luan, Matheus Lima (Chaveirinho) e Gustavo Ramos

Técnico – Júnior Amorim

CORDINO

Carlos Eduardo, Lesson, Leomar, Heider (Alan Santos) e Fernando; Jadão, Rafael Santos (Erlon), Deylon (Rone) e Ulisses; Roberto e André

Técnico – Leandro Lago

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte