Esporte | Outro lado!

"Acho que foi precipitada a decisão", diz ex-técnico do Moto

Ex-comandante do rubro-negro afirmou com exclusividade a O Estado que somente soube da decisão da diretoria no domingo, pós-jogo contra o São José. Clube alegou "incompatibilidade"
Thiago Bastos / O Estado15/02/2020

O ex-técnico Leandro Campos disse com exclusividade a O Estado que a decisão da diretoria do Moto Club de demiti-lo foi considerada precipitada. Ele deu detalhes acerca da sua saída, afirmou que o elenco precisava de reforços e atestou que a diretoria cumpriu com todas as obrigações financeiras da rescisão de contrato.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte