Polícia | Condenação

Bardal perde cargo de delegado e ainda é condenado pela Justiça

O ex-delegado é acusado de integrar um bando de contrabandista, e de praticar crime de extorsão, prevaricação e apropriação indevida
Ismael Araújo14/02/2020

SÃO LUÍS - O ex-superintendente de Investigações Criminais (Seic), Tiago Bardal, perdeu o cargo de delegado da Polícia Civil do Maranhão determinado pelo juiz da 3ª Vara Criminal de São Luís, Francisco Ferreira de Lima. Ele ainda foi condenado a dois anos de reclusão e três meses de detenção por crimes de apropriação indevida e prevaricação.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte