Esporte | Sem polêmica

"Prefiro não me manifestar", diz Leandro Campos sobre saída do Moto Club

O estopim da "crise" de início de temporada rubro-negra e que culminou com a saída de Leandro e de outros quatro atletas foi o empate sem gols com o São José no último sábado
Thiago Bastos / O Estado10/02/2020 às 15h10
"Prefiro não me manifestar", diz Leandro Campos sobre saída do Moto ClubLeandro Campos comandou o Moto em apenas três partidas oficiais (Divulgação Globo Esporte)

SÃO LUÍS - O ex-técnico do Moto Club, Leandro Campos, preferiu não se manifestar sobre a sua saída do clube, anunciada no fim da manhã de ontem, 9, pela diretoria do clube. O estopim da "crise" de início de temporada rubro-negra e que culminou com a saída de Leandro e de outros quatro atletas (Daniel, Dudu, Júnior Batata e Romário) foi o empate sem gols com o São José, que havia tomado dez gols nos dois primeiros jogos do Maranhense.

A insatisfação da torcida com o ex-técnico se dá pela falta de um padrão ofensivo ao time. Apesar da invencibilidade (duas vitórias e um empate) no Estadual, Leandro era criticado pela ausência de repertório dos homens de frente. Ele, inclusive, admitiu que a equipe precisava "melhorar mais".

O Moto ainda não anunciou o nome do substituto, no entanto, nomes como os de Marcinho Guerreiro e de Ruy Scarpino começam a ser especulados. O time se reapresenta amanhã a tarde, visando o jogo do próximo dia 20, em São Luís, contra o Cordino. O auxiliar fixo, Dejair, comandará o time nos próximos dias.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte