Política | Tá fácil

Processo para cassar deputado depende de colega de partido

Wilson Santiago é alvo de uma denúncia de corrupção na corregedoria da Câmara Federal e pode ter o mandato cassado pela Casa
08/02/2020

BRASÍLIA - O caso do deputado Wilson Santiago (PTB-PB) na Câmara está agora nas mãos do corregedor da Casa, seu colega de partido, o deputado Paulo Bengstson (PTB-PA). Depende do paraense ouvir a defesa de Santiago e produzir um parecer para a Mesa Diretora avaliar se abrirá um processo no Conselho de Ética ou se arquivará o caso.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte