Política | Providências

Wellington do Curso solicita à Assembleia inspeção no serviço de ferry-boat

Pedido foi motivado após colisão entre embarcações ocorrida na última terça (04)
O Estado do MA06/02/2020 às 10h11
Wellington do Curso solicita à Assembleia inspeção no serviço de ferry-boatDeputado estadual Wellington do Curso (PSDB) (Reprodução)

Durante a sessão plenária desta quarta (05), o deputado estadual Wellington do Curso solicitou a Comissão de obras e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa que realize uma visita de inspeção na próxima Segunda-Feira (10) ao Terminal da Ponta da Espera ao Terminal do Cujupe a fim de averiguar a atual situação do serviço de ferry-boat ofertado à população maranhense.

A solicitação foi motivada após uma colisão entre embarcações ocorrida na última terça (04) no Terminal da Ponta da espera, fato que gerou pânico nos passageiros. Em seu pronunciamento, Wellington destacou ainda que já recebeu diversas denúncias acerca das péssimas condições estruturais das embarcações, constantes falhas na prestação do serviço e frequentes transtornos durante a travessia. O parlamentar também solicitou que sejam convidados representantes da Agência Nacional de Transporte Aquaviário, Marinha, Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual por meio da Promotoria de Defesa do Consumidor e Agência de Mobilidade Urbana.

“Não é a primeira vez! Por isso solicitamos à Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia que realize uma inspeção ao terminal da Ponta da Espera e Terminal do Cujupe a fim de verificar as condições do serviço de ferry-boat. Já recebemos diversas denúncias acerca das condições precárias das embarcações e dos péssimos serviços prestados pelas empresas. Agora estamos diante de mais um fato gravíssimo que compromete a segurança dos passageiros. Por isso, iremos fiscalizar e voltamos a cobrar providências urgentes do Governo do Estado para garantir a segurança de todos que utilizam o ferry-boat e evitar que ocorra uma tragédia. Na Assembleia Legislativa, já apresentamos diversas proposições em defesa dos passageiros, a exemplo da cobrança de torres das operadoras no Cujupe, e a implantação de posto de saúde no Terminal da Madeira e do Cujupe. A população maranhense e os usuários do ferry-boat merecem respeito.” Disse Wellington

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte