Geral | Financiamento

Inadimplência do Fies aumentou cerca de 23% após renegociação

Dados obtidos fornecidos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação mostram que, em dezembro de 2019, 700 mil contratos estavam com mais de 90 dias de atraso nas parcelas, ou 47% do total
06/02/2020

BRASÍLIA - O número de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) considerados inadimplentes aumentou cerca de 23% após a realização do programa de renegociação do governo federal.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte