Geral | Apuração

DPE apura se corte de energia agravou estado de saúde de idosa

Defensoria Pública do Estado está tomando providências para resguardar direitos da família da idosa de 92 anos, que morava em Imperatriz
05/02/2020 às 16h10
DPE apura se corte de energia agravou estado de saúde de idosaFornecimento de energia da casa de idosa foi cortado (Divulgação)

A Defensoria Pública do Estado (DPE/MA) está tomando todas as providências cabíveis para resguardar os direitos da família da idosa de 92 anos, que faleceu na última terça-feira, em Imperatriz, um dia após ter sido interrompido o fornecimento de energia elétrica da residência onde morava, em função do não pagamento da fatura do mês de janeiro.

Segundo vídeo que viralizou nas redes sociais, realizado por um parente da vítima, apesar dos apelos feitos ao funcionário da Equatorial, solicitando sensibilidade para a situação envolvendo pessoa que necessitava de cuidados médicos em casa, não houve acordo.

De acordo com o defensor-geral do Estado, Alberto Pessoa Bastos, a instituição abrirá procedimento administrativo, em tutela coletiva, para apurar os cortes de energia elétrica, especialmente o realizado, esta semana, na residência da senhora que faleceu por decorrência da interrupção do serviço, pois precisava utilizar aparelhos médicos que necessitavam de eletricidade.

A Defensoria estadual, por intermédio do Núcleo Regional de Imperatriz, também entrará em contato com a família da idosa para garantir a assistência jurídica necessária.

Outro lado

A Equatorial Maranhão por meio de nota, disse que lamenta o ocorrido mas afirma que até o momento, não é possível atestar qualquer relação entre a suspensão do fornecimento de energia e o que aconteceu com a idosa.

A empresa informou que deu início a apuração interna do caso e, após a conclusão, vai adotar medidas administrativas que o caso requer.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte