Geral | Mercado

Curso aborda uma nova dinâmica das relações de consumo

O curso de MBA em Gestão Comercial e Mercados Inteligentes é uma novidade no Maranhão e é voltado para administradores, empresários e empreendedores
14/01/2020
Curso aborda uma   nova dinâmica das   relações de consumoO consultor de Negócios e professor Ricardo Carreira (Divulgação)

SÃO LUÍS - Uma oportunidade para que administradores, empresários e empreendedores entendam e discutam as inovações responsáveis pela nova dinâmica comercial de mercado, tema atualmente em voga, está sendo proporcionada pelo curso de MBA Gestão Comercial e Mercados Inteligentes, lançado pela Faculdade de Negócios Faene,

“Hoje em dia, fala-se muito sobre o novo perfil de consumidor: o 4.0. Para entendê-lo, é preciso assimilar a conjuntura da indústria 4.0 e do marketing idem. Na indústria, observa-se uma integração cada vez mais intensa entre os universos real e virtual. No marketing, o novo consumidor quer fortes razões para se envolver com uma marca. Logo, o cliente 4.0 é aquele mais bem informado e mais exigente”, detalha o consultor de carreiras e professor Ricardo Carreira, diretor da Faene e docente da Universidade Federal do Maranhão.

O tema ganhou abordagens e passou a atrair as atenções. “Daí a extrema necessidade da oferta desse curso inédito no Maranhão, estado que tem se expandido bastante do ponto de vista comercial. É uma especialização que prepara justamente para essa nova realidade. Trabalha, entre outras coisas, a Big Data, que monta perfis e estratégias para atingir determinados segmentos, bem como avalia ferramentas que ativam o consumo, identifica posicionamento de marcas, marketing digital, sensibilidade e nichos de consumo, perfil de consumidores, entre diversos outros fatores”, frisa o consultor.

Novo cenário

Conforme Ricardo Carreira, se antes eram as empresas que davam as cartas do jogo, nesse novo cenário são os compradores que ditam as regras. “Em outras palavras, os novos consumidores são muito ativos em suas escolhas e fazem sua individualidade valer em todas as decisões. Isto decorre do maior acesso à informação e é por isso que as marcas têm se movimentado para lançar produtos e serviços que atendem às necessidades e os desejos e resolvam os problemas das pessoas. Daí a necessidade de se estudar e analisar esse novo cenário. Em primeiro lugar, é preciso compreender quem são as pessoas que a empresa quer ter como clientes. Além de entender suas preferências, é necessário identificar quais são os valores desses clientes. Isso é apenas o começo de tudo”, explica Ricardo Carreira.

Canais

Para as empresas se comunicarem com seus consumidores da melhor forma possível, é necessário estabelecer uma comunicação omnichannel, ou seja, é preciso que a marca diversifique seus canais de atendimento. Afinal de contas, os usuários estão o tempo inteiro nas redes sociais, em chats, no e-mail, no whatsapp e em diversos outros meios.

“Para fazer isso, é essencial que a marca defina sua imagem organizacional, de forma que entregue o mesmo conteúdo em todos esses canais, mas adaptando a linguagem e a mensagem para cada um deles. Na verdade, o grande desafio das marcas é realizar esse trabalho de forma contínua, com foco em proporcionar uma experiência para os consumidores que seja única e especial”, finaliza Carreira.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte