O Mundo | Pronunciamento à nação

Trump diz que Irã está recuando e que EUA querem abraçar a paz

Presidente, no entanto, anuncia que aumentará sanções e isolamento do país persa e pede que europeus se retirem do acordo nuclear; foi a primeira vez que Trump tentou explicar as motivações que levaram ao assassinato de Soleimani
09/01/2020

WASHINGTON — Em pronunciamento em tom de vitória, o presidente americano, Donald Trump, deixou claro que não haverá retaliação direta ao ataque iraniano da noite de terça-feira,7, que atingiu uma base no Iraque que abriga soldados americanos, sem provocar mortos nem feridos. Ele afirmou que o Irã "está recuando" e que os Estados Unidos querem "abraçar a paz", mas defendeu o assassinato do general iraniano Qassem Soleimani, que chamou de "o maior terrorista do mundo", e anunciou que adotará novas sanções e medidas de isolamento do país persa.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte